Como a produção customizada vai mudar os rumos da indústria?

Paulo Nogueira
por
-
28-07-2020 06:21:16
em Indústria e Construção Civil
indústria produção customizada - Aloisio Arbegaus Aloisio Arbegaus é diretor Comercial e de Marketing da Teclógica, empresa especializada na gestão de TI e Negócios

O executivo destaca uma das mudanças que está impactando a indústria: a produção customizada, e como ela pode ser um caminho importante na retomada.

Você provavelmente já optou por comprar um produto exclusivo. Uma peça de roupa ou um item para a sua casa, com características únicas, de acordo com seu gosto pessoal. Isso é o que define a produção customizada. E mais do que um modelo de negócio, a customização é também uma tendência que deve fortalecer o conceito de indústria 4.0 e promete ser cada vez mais presente na rotina das empresas.

Para entender o impacto da produção customizada na indústria, basta verificar o que mostram as pesquisas de mercado. Uma delas foi realizada pela Dassault Systèmes, referência mundial em soluções para a Indústria 4.0 e parceira da Teclógica na América Latina. Os dados, que são resultado de um estudo global com jovens da França, China e Estados Unidos, mostrou que:

  •  83% dos consumidores querem que os produtos se adaptem às suas necessidades;
  •  A entrega rápida é essencial e apenas 21% dos entrevistados estão dispostos a esperar mais de quatro dias para receberem um pedido;
  •  O custo da customização não é problema, já que os consumidores disseram que estão dispostos a pagar até 25% a mais pelo produto que tenha suas preferências;
  •  Para a indústria, a customização vai além de produtos personalizados. 50% dos consumidores entendem por personalização a opção de serviços diferenciados antes da compra. Se encaixam aqui serviços e produtos baseados em dados pessoais registrados em compras anteriores, com apoio tecnológico.
  •  A segurança de dados é uma preocupação para 96% dos consumidores, que só aceitam compartilhar informações se for em troca de customização.

Diante desse estudo, fica evidente que a necessidade de adaptação da indústria é urgente. Ao integrar ao processo produtivo tecnologias, dados e automação que garantam a possibilidade do desenvolvimento de itens customizados com investimentos similares à produção em massa, a indústria consegue ingressar no conceito de customização em massa. Ou seja: produz itens com características exclusivas e materiais personalizados com a mesma velocidade e eficiência da produção em massa. 

Assim, a otimização de recursos e soluções que envolvam a coleta e tratamento de dados em toda a linha de produção, a mobilidade e o uso de IoT, inteligência artificial e programação rápida ganham destaque. Neste cenário, a produção customizada tornará a indústria muito mais alinhada à realidade e mercado, entregando ao consumidor produtos aderentes à nova realidade. 

Para a indústria, a tecnologia será crucial para integrar um novo modelo de consumo sem colocar em risco a sustentação do negócio. O aproveitamento de recursos e a programação eficiente da produção para melhor uso de estrutura, será um diferencial competitivo.

Um exemplo de tecnologia aplicada à indústria é o gerenciamento de chão de fábrica. Atualmente, sistemas para o planejamento de produção já trazem resultados impressionantes: um ano de produção pode ser planejado, por exemplo, em apenas 30 minutos, através de softwares para o segmento.

Ou seja: a partir do momento que a indústria se atenta às tendências de consumo, a produção poderá ser muito mais competitiva. E a tecnologia, alinhada à coleta, análise e transformação de dados, será o único caminho para o fortalecimento dos negócios, ao mesmo tempo em que garante segurança e privacidade das informações.

*Aloisio Arbegaus é diretor Comercial e de Marketing da Teclógica, empresa especializada na gestão de TI e Negócios que oferece ao mercado serviços de desenvolvimento e gerenciamento de aplicações, gestão da manufatura e produtos para os mais diferentes segmentos do mercado, como manufatura, construção civil, comunicação corporativa e gestão de contratos. Com sede em Blumenau (SC), a empresa conta com atuação em todo território nacional e na América Latina.

Tags:
Paulo Nogueira
Com formação técnica, atuei no mercado de óleo e gás offshore por alguns anos. Hoje, eu e minha equipe nos dedicamos a levar informações do setor de energia brasileiro e do mundo, sempre com fontes de credibilidade e atualizadas.