Com investimentos de R$ 24 milhões, empresa de construção civil irá abrir novo centro de distribuição em Minas Gerais

Roberta Souza
por
-
25-08-2021 17:49:00
em Economia, Negócios e Política
Centro de distribuição – Minas Gerais – construção Centro de Distribuição/ Fonte: Grupo OVD

O Grupo OVD, que atua no segmento da construção civil, vai instalar o primeiro centro de distribuição da empresa no estado de Minas Gerais

O Grupo OVD, que atua no mercado de ferragens, ferramentas, acessórios, materiais elétricos e hidráulicos, além de equipamentos para construção civil e indústria, vai instalar o primeiro centro de distribuição da empresa em Minas Gerais. O município escolhido pela empresa para sediar o empreendimento foi Betim, na região metropolitana. O empreendimento receberá um investimento de R$ 24 milhões, e a previsão inicial é que sejam criados pelo menos 25 novos postos de trabalho na unidade, que já está em fase de implantação. Leia também esta notícia: Multinacional Amazon oferta 117 vagas de emprego para atuar em seu novo centro de distribuição na cidade de Betim, em Minas Gerais

Sobre o novo centro de distribuição que será aberto em Minas Gerais

Em entrevista ao site Agência Minas, o diretor do Grupo OVD, Odenir Rosse, disse que a região possui um potencial para diversificar a economia. “Encontramos iniciativas que estimulam o empreendedorismo. Também percebemos que a economia mineira é consistente, promovendo mais desenvolvimento econômico e crescimento do PIB”, declarou.

Ele também afirmou que o estado de Minas Gerais tem um mercado estratégico para o grupo, com o fortalecimento de segmentos de construção civil, agronegócio, metal mecânico, elétrico e eletrônico.

A instalação do empreendimento

A empresa tem sua sede em Curitiba e foi fundada há 50 anos. Ao todo, são seis sedes e mais duas filiais, distribuídas em pontos estratégicos do Brasil. Fazem parte do Grupo OVD as marcas Vonder, Nove 54 e DWT, todas ligadas a maquinário e ferramentas para a construção civil.

“É um dos maiores e melhores distribuidores desse segmento de máquinas, ferragens e equipamentos para a construção civil e possui um portfólio de 25 mil itens. O grupo também está entre os 20 maiores atacadistas de material de construção. Há cerca de 15 meses, a gente começou a fazer esse contato e a intermediação do grupo para que pudesse se instalar em Minas. Entendemos o projeto e ajudamos a oferecer as soluções que atendessem o modelo de negócio de operação da empresa, que optou pela instalação do centro de distribuição dela no município de Betim”, destacou o gerente de negócios da Agência de Promoção de Investimento e Comércio Exterior (Indi), Renato Garcia.

Veja ainda esta notícia: Magazine Luiza anuncia expansão de centro de distribuição em Minas Gerais e tem 500 novos empregos abertos

Está previsto para o mês de setembro o início das atividades da expansão do centro de distribuição do Magazine Luiza em Extrema, no Sul de Minas Gerais. O local será uma extensão da unidade já existente. Segundo o gerente de gestão de pessoas do Magalu, Wiliam Miguel, a operação irá atender às atividades da Netshoes. Cerca de 500 novos empregos no local serão gerados, e algumas vagas já estão abertas.

Wiliam Miguel diz que “atualmente temos uma operação que atende às entregas da Netshoes e outra que atende às entregas da Época Cosméticos. Dessa forma, nossa operação de ampliação do centro de distribuição em Minas Gerais da Netshoes será dividida em dois locais, tendo um centro de distribuição principal e esse novo ‘anexo’”, explica.

A Magazine Luiza não informou o valor do aporte por causa do período de impedimento de divulgação de investimentos pela Bolsa de Valores e por se tratar de uma empresa de capital aberto. A expansão do centro de distribuição em Minas Gerais ficará a 14 quilômetros do atual de Extrema. Ainda de acordo com Wiliam Miguel, o novo empreendimento vai gerar 500 empregos diretos e cerca de 1.000 indiretos. “A expectativa é que até o fim deste ano outros 300 empregos diretos sejam gerados devido à demanda de fim de ano. Esses 1.000 empregos indiretos em Minas Gerais são de pessoas que estão sendo impactadas apenas pela expansão que já está em execução”, reforça Miguel.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos
fwefwefwefwefwe