Início Com capacidade de refino menor e 5 empresas petrolíferas fechadas na pandemia, EUA se desespera ao ver galão da gasolina negociado a US$ 5: pico da inflação é preocupante para Biden e impactos chegam ao Brasil

Com capacidade de refino menor e 5 empresas petrolíferas fechadas na pandemia, EUA se desespera ao ver galão da gasolina negociado a US$ 5: pico da inflação é preocupante para Biden e impactos chegam ao Brasil

13 de junho de 2022 às 10:32
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Com capacidade de refino menor e 5 empresas petrolíferas fechadas na pandemia, EUA se desespera ao ver galão da gasolina negociado a US$ 5: pico da inflação é preocupante para Biden e impactos chegam ao Brasil - Canva
Gasolina nos Estados Unidos bate maior pico desde 2008 – Canva

Uma matéria compartilhada pelo portal Reuters mostra que a capacidade de refino dos Estados Unidos (EUA) diminuiu expressivamente após ter cinco empresas petrolíferas fechadas durante a pandemia. Apesar disso, a capacidade de produção do país já está em 96%, afirma o portal American Automobile Association (AAA). A crise que está impactando a grande potência mundial faz com que cada galão de gasolina esteja sendo negociado a US$ 5, um dos valores mais altos já vistos desde 2008. Os preços e elevada inflação deixada pela crise provocada pela guerra entre a Ucrânia e Rússia faz com que a popularidade do presidente Joe Biden seja colocada em jogo e impacte a economia no Brasil. 

No dia 11 de junho, último sábado, o valor do litro estava sendo negociado nos EUA US$ 4,986. Tendo em vista o aumento expressivo de preços, Biden vê como alternativa a volta de negociações com Maduro, presidente da Venezuela, que poderá vender uma parte de suas reservas de petróleo para a  Europa de modo a pagar a sua dívida externa e, com a maior produtividade do setor, haverá controle de preço ocasionado pelo aumento de estoques. 

Artigos recomendados

Período com galão acima de US$ 5 se manterá por mais tempo nos EUA. 

Mesmo com a possibilidade  de haver uma negociação de compra da Venezuela em relação aos seus barris de petróleo, é estimado que  o valor de cada galão seja vendido a mais de US$  5, ou R $25 com a conversão direta pelo valor do dólar, para a população por mais alguns meses.  “O nível de US$ 5 é onde podemos ver abundantes de destruição da demanda por gasolina”, disse Reid L’Anson, economista sênior da Kepler.

Trabalhe no Setor Eólico do Brasil

A estação da Mobil em West Hollywood já está com preços super elevados sobre o litro da gasolina. Apesar disso, estima-se pelos especialistas do portal da Reuters que os Estados Unidos estejam com uma alta 8% menor do que a crise deixada pelo estouro da bolha imobiliária durante o ano de 2008 me que o valor do galão estava a US$ 5,41, os dados são pertencentes ao Departamento de Energia dos EUA. Enquanto isso, deve-se salientar que uma das maiores baixas sobre o valor do galão, conforme as mesmas fontes, teriam acontecido antes do virar do século. 

Fonte: Departamento de Energia dos EUA.

Gastos do consumidor estão resilientes tendo em vista a inflação – impactos da crise do petróleo chega ao Brasil. 

A Petrobras argumenta que o preço que está cobrando por cada litro de gasolina diesel está defasado tendo em vista o mercado exterior. A crise que chegou ao Brasil é a mesma deixada nos Estados Unidos pela guerra entre a ssia e a Ucrânia. Afinal,  o brasileiro comum já está tendo que pagar, e algumas regiões, mais de R$ 10 o litro da gasolina. 

Para conter a inflação brasileira, que vem sendo movida pela crise internacional, o governo de Bolsonaro já propôs a criação de um projeto que previa o fim das tributações de ICMS pelos estados. Bolsonaro afirmou, entretanto, que estaria repassando, através dos tributos arrecadados pela escala federal, um orçamento para cada estado suprir o fim das suas arrecadações. Uma promoção realizada pela Havan no Dia do Imposto Zero mostra que o litro de gasolina sem tributos está custando R$ 5. 

Enquanto isso, tanto a Petrobras quanto outras empresas localizadas tanto nos Estados Unidos quanto no Brasil, voltadas para a produção e refino de petróleo, estão tendo alta nos preços das ações: investidores acreditam que a valorização será ainda mais expressiva. 

Relacionados
Mais recentes