Carros elétricos no Brasil: como anda o mercado em 2021

Paulo Nogueira
por
-
03-05-2021 07:00:11
em Energia Renovável
Existem hoje 46.851 carros elétricos rodando pelo Brasil

Existem hoje 46.851 carros elétricos rodando pelo Brasil

Você já se imaginou dirigindo um carro elétrico? A maioria das pessoas que dirigem diria que sim. Afinal, essa é a tendência no mundo todo. O alto preço dos combustíveis, a manutenção mais em conta que os carros convencionais e o fato de não ser poluentes são os principais fatores que movimentam o mercado de automóveis elétricos no Brasil, já que o mercado do petróleo começará a declinar a partir de 2030.

E não estamos falando só de carros. Os scooters (motos elétricas) e os patinetes também estão sendo adotados no dia a dia das pessoas aqui no Brasil. No último levantamento da Associação Brasileira de Veículos Elétricos (ABVE), a importação desses chamados veículos levíssimos cresceu 735% em três anos. Por onze vezes houve aumento de vendas e importações de 2017 pra cá. Bem vindos e bem vindas à nova era da eletro-mobilidade.

As empresas que desejaram ofertar serviços de compartilhamento, além das pessoas quererem estarem fora do transporte público cada vez mais lotado, também são os principais combustíveis de movimentação desse setor específico do mercado de automóveis elétricos no Brasil.

Em relação aos carros eletrificados, o Ministério da Economia, através do Registro Nacional de Veículos Automotores, aponta que existem hoje 46.851 unidades rodando pelo Brasil. Veja os detalhes em seguida.

O mercado de veículos elétricos no Brasil vinha numa crescente animadora: de 2013 para 2019 houve o salto de 800 emplacamentos para 11.858 em 2019. Em 2020, foram 19.745 unidades de carros eletrizados registrados. Isso representou aumento de 66,5% nos emplacamentos em relação ao ano anterior. E sendo que havia ainda muita estruturas a serem instaladas pelas próprias montadoras. Veremos mais a frente.

No entanto, a estimativa antes da pandemia causada pelo novo Coronavírus era de 27 mil emplacamentos de acordo com a ABVE para 2020.

Quantos carros elétricos existem hoje no Brasil?

Mesmo assim, analisando os números, é possível afirmar que o mercado carros elétricos no Brasil deu uma leve freada, mas definitivamente não capotou. Em 2021 foram emplacados 4.584 veículos elétricos no Brasil. Nessa mesma época no ano passado foram registrados 5.191. Essas informações são exclusivas do site Click Petróleo e Gás, através da Assessoria de Imprensa da ABVE. Confira os detalhes na imagem a seguir.

Dados atualizados e exclusivos repassados ao site Click Petróleo e Gás

A quantidade de carros eletrificados vendidos chegou a 1% dos 1.950.889 automóveis leves emplacados, segundo a Federação Nacional dos Distribuidores de Veículos Automotores.

[citação] Devemos comemorar. É uma marca simbólica importante. Mas é claro que ainda estamos muito distantes de uma participação expressiva no mercado total. Temos que insistir em medidas de apoio à mobilidade elétrica

Antonio Calcagnotto, diretor de Veículos Leves da ABVE

Veja também: Carros elétricos da FIAT chegarão ao Brasil em 2021 graças à parceria firmada com a Enel X

Postos de abastecimentos para carros elétricos: empresas investem para poder manter mercado no Brasil

Atualmente o Brasil tem aproximadamente 500 Eletropostos públicos e semipúblicos
Atualmente o Brasil tem aproximadamente 500 Eletropostos públicos e semipúblicos

O transporte de baixa emissão de gases poluentes já mudou o cenário e as perspectivas econômicas em todo o planeta. Esse futuro, portanto, é uma realidade por aqui. O mercado de automóveis elétricos no Brasil cresce a cada ano, porém é preciso de incentivos à estruturas de manutenção para gerar confiança nos investidores e consumidores final.

Um dos incentivos que as empresas vêm adotando através de parcerias com outras empresas é o aumento na quantidade de postos de recargas. Atualmente o Brasil tem aproximadamente 500 eletropostos públicos e semipúblicos.

A empresa BMW foi a primeira empresa a lançar carros 100% elétricos no Brasil e a instalar postos de recarga para veículos eletrizados no país. Em 2017 instalou seis aparelhos em postos da rede Ipiranga ao longo da Rodovia Presidente Dutra, entre São Paulo e Rio de Janeiro. A via é considerada a mais importante para a mobilidade eletrizada. De lá pra cá foram mais 250 pontos em shoppings e supermercados.

A Volvo pretende entregar mil eletropostos para 2021. São R$ 12 milhões em investimentos. A montadora, junto com a Toyota, dominam 90% do mercado de veículos híbridos no Brasil. A lista produzida pela Bright Consulting aponta que a Toyota vendeu 12.883 em 2020 e a Volvo 3.215.

Estamos investindo na estrutura de carregadores para que possamos dar confiança, quebrar barreiras e possibilitar cada vez mais facilidade para proprietários de veículos híbridos e elétricos, não só da Volvo, mas de qualquer outra marca”.

Rafael Ugo, diretor de marketing da Volvo Car Brasil.

já a Audi promete também mais R$ 10 milhões para 200 pontos de recarga de veículos até 2022, sendo que 130 são já para 2021. Esse montante faz parte dos mais de R$ 32,9 milhões na parceria a Porsche e a Volkswagem que também projetam mais 30 estações de eletropostos.

Veja também

Os eletropostos valem para todos os modelos de carros elétricos no Brasil

Se essa era uma dúvida para decidir se vai comprar um carro híbrido ou 100% elétrico, o interessado ou interessada já podem ficar tranquilos. As empresas garantem que os sistemas de recargas dos veículos seguem um mesmo padrão, o europeu. Portanto, qualquer carro pode ser recarregado em qualquer eletroposto.

O que diferencia a recarga dos motores dos veículos elétricos é o tempo de recarga total. A variação é entre uma a três horas. Os modelos são à prova de fogo, choque e intempéries, segundo as companhias.

Quais são as empresas que mais vendem veículos elétricos no Brasil?

Primeiro é importante destacar que existem subcategorias de carros eletrizados. São elas: HEV Flex (Veículos Elétricos Híbridos com dois motores, sendo um suprido por bateria e o outro para reabastecimento convencional com gasolina ou álcool), HEV (Veículos Elétricos Híbridos que utilizam gasolina, álcool ou diesel como principal forma de alimentar o motor), PHEV (combina motor a combustão alimentado por gasolina/álcool ou diesel com um motor elétrico e um banco de bateria recarregável) e o BEV (um motor 100% elétrico).

  • HEV Flex: Toyota Corolla – 9.613 vendas
  • HEV: Toyota RAV4 – 3.217 vendas | Lexus UX250H – 368 vendas | Lexus UX300H – 236 vendas
  • PHEV: Volvo XC60 – 1.835 vendas | Volvo XC40 – 606 vendas | Porsche Cayenne – 472 vendas
  • BEV: Audi E-Tron – 183 vendas | GM Bolt – 108 vendas | Nissan Leaf – 105 vendas

Em relação a autonomia das baterias dos automóveis elétricos, trouxemos uma a lista completa e atualizada. Confira aqui. 

Artigo escrito por Junior Aguiar – Jornalista ao Click Petróleo e Gás [ Conteúdo protegido por direitos autorais}

Tags:
Paulo Nogueira
Com formação técnica, atuei no mercado de óleo e gás offshore por alguns anos. Hoje, eu e minha equipe nos dedicamos a levar informações do setor de energia brasileiro e do mundo, sempre com fontes de credibilidade e atualizadas.