BR Distribuidora compra por R$ 62 milhões participação da Targus para operar na comercialização de energia eléctrica em todo o Brasil

Flavia Marinho
por
-
27-11-2020 08:59:23
em Energia Renovável
BR Distribuidora compra por 62 milhões participação da Targus para operar na comercialização de energia eléctrica em todo o Brasil Com a chegada da BR Distribuidora a Targus deverá crescer em até quatro vezes de tamanho e se tornar a maior comercializadora de energia do Brasil

Com a chegada da BR Distribuidora a Targus deverá crescer em até quatro vezes de tamanho e se tornar a maior comercializadora de energia do Brasil

A BR Distribuidora iniciou sua primeira aquisição como empresa privada. A empresa informou ontem (27) sua entrada no mercado de comercialização de energia elétrica. Ela estreia em um setor onde já estão suas principais concorrentes, como a Raízen. Procurando emprego? Vagas offshore e onshore para o RJ e ES foram anunciadas pela empresa de óleo e gás KEMPETRO Engenharia

Leia também

A BR Distribuidora teve que desembolsar 62,1 milhões de reais (US$ 11,5 milhões) para comprar uma participação de 70% na Targus Energia. A transação também prevê mecanismos de lucro e opções de compra e venda para os 30% restantes.

“Como resultado da aquisição, atuará na compra e venda de energia elétrica aos seus clientes, complementando seu atual portfólio de produtos, além de poder atrair novos clientes no mercado, oferecendo serviços de gestão no mercado livre e produtos de geração distribuída”, disse a BR.

O contrato prevê o pagamento do valor ao longo dos próximos quatro anos. Ele possui ainda uma cláusula estipulando novos desembolsos, a depender do atingimento de metas, e uma opção para adquirir os 30% restantes.

Objetivos

Apesar de estimar que o uso de combustíveis fósseis no Brasil ainda vai durar por décadas, o presidente da BR Distribuidora, Rafa Grisolia, disse querer estar preparado para as mudanças futuras na área de energia, como a chegada dos carros elétricos e o crescimento do mercado de gás natural no País.

“A sociedade vai se transformando e, se amanhã você for comprar um carro elétrico, eu não quero perder você como cliente; se uma indústria passar a usar gás, quero poder atender na figura do comercializador de gás que deve surgir com as novas regras”, explicou. Uma parceria com a Golar Power, empresa especializada em gás, já está engatilhada.

Com a entrada da BR, a Targus ganha 14 mil clientes em potencial, que hoje fazem parte dos negócios da BR, além dos mais de 7.700 postos de abastecimento espalhados pelo País.

A Targus deverá crescer em até quatro vezes de tamanho e se tornar a maior comercializadora de energia do Brasil, comemora um sócios da Targus, Heloy Rudge.

Fundada em 2017, a Targus Energia possui cerca de 200 unidades consumidoras em seu portfólio, tendo negociado 3.900 gigawatts-hora (GWh) em 2019, com faturamento próximo a 900 milhões de reais (US$ 168 milhões).

Tags:
Flavia Marinho
Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.