Bahia é um dos estados que mais geram empregos no mercado de energia solar e eólica

Bahia - empregos - energia solar - energia eólica Usina hibrida – Foto: Ascom/SDE

A alta geração de empregos diretos e indiretos nos parques de energia solar e eólica tem garantido que o estado da Bahia se mantenha líder no ranking dos maiores atuantes na geração de energia renovável do mercado brasileiro  

Atualmente, a Bahia lidera o ranking dos principais estados atuantes na geração de energia solar e energia eólica acumulada, entre o período de janeiro e agosto de 2021, sendo também um dos principais geradores de empregos nesse ramo. As duas fontes de energia renováveis deverão investir em torno de R$ 37 bilhões, em municípios da Bahia, nos próximos anos, mais os R$ 25,7 bilhões que já foram injetados no Estado para construção de parques eólicos e solares. Esses dados foram divulgados na última segunda-feira (18), pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), repassados pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica. Se for comparado a agosto de 2020, houve um aumento em torno de 14% na geração de energia eólica.

Leia outras notícias relacionadas

Investimentos em energias renováveis no estado da Bahia lideram o ranking brasileiro

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Nelson Leal, realizou uma viagem internacional juntamente com o governador da Bahia, Rui Costa e o superintendente de atração de investimentos da SDE, Paulo Guimarães, para Berlim, na Alemanha, para apresentar o potencial econômico de altíssimo nível do território baiano, além de receber novos investimentos e tentar atrair ainda mais projetos de energias renováveis para o estado da Bahia.

Bahia gera milhares de empregos no mercado de energia eólica e solar

A geração de novos empregos e renda no estado é muito favorável, se tratando do segmento das energias renováveis da Bahia. Segundo o Informe Executivo Solar, o destaque é sobre a criação de 13 mil postos de trabalho diretos só na fase de construção dos parques, inclusive os parques que já se encontram plenamente operantes.

Estima-se que sejam criados mais de 64 mil empregos diretos na nova fase de construção dos parques que ainda serão iniciadas. Já se tratando de energia eólica, a geração de novos empregos foi de mais de 148 mil em toda cadeia produtiva.

Cerca de 57 mil contratações diretas na fase inicial de construção dos parques, que também já se encontram em operação plena. Há também a previsão de que mais, 69 mil empregos diretos e indiretos, sejam gerados na construção ainda não iniciada dos novos parques.

Pesquisas e desenvolvimento de novas tecnologias

Durante a viagem internacional, o governador Rui Costa, juntamente com Nelson Leal (Secretário de Desenvolvimento Econômico), Paulo Guimarães (Superintendente de Atração de Investimentos da SDE) e Marcus Cavalcanti (Secretário de Infraestrutura), se reuniram com a alta classe de executivos da Siemens Energy, empresa de energia com sede no país e que é, atualmente, a líder em pesquisas e desenvolvimento de novas tecnologias e soluções para diversos projetos direcionados à geração e transmissão de energia limpa e renovável, em escala mundial.

Leal, Guimarães e Cavalcanti ajudaram o governador Rui Costa a conhecer e entender a nova tecnologia apresentada pelos executivos da Siemens Energy para a produção e aplicação em larga escala de hidrogênio verde, que é visto e considerado o combustível do futuro.

O governador, os secretários e também os executivos da Siemens Energy acreditam firmemente, que muito em breve o hidrogênio verde poderá ser produzido na Bahia, mas este é um projeto que ainda será mais estudado e desenvolvido.

Tags:
Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.
fwefwefwefwefwe