Aneel dá sinal verde para a construção de mais uma usina de energia solar no Piauí, gerando emprego, renda e desenvolvimento para o estado

Valdemar Medeiros
por
-
08-06-2021 16:55:07
em Energia Renovável
Energia solar - usina - Piauí - emprego - aneel Maior usina de energia solar será instalada no Piauí – Creditos: Fonte: Piauí em Foco

A Aneel aprovou a construção da usina de energia solar do Grupo Interalli, que pretende instalar mais duas usinas, gerando diversos empregos e renda para o estado do Piauí

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou a construção da usina de energia solar de Marangatu, no Piauí, que promete gerar muitas novas vagas de emprego e energia limpa para a cidade de Brasileira.

Leia também

Conheça a nova usina de energia solar do Piauí

O investimento aprovado pela Aneel será desenvolvido pelo Grupo Interalli, que atua em construção portuária entre outros. A usina será construída em uma área de cerca de 1.500 hectares, onde serão instaladas outras 12 usinas. Marangatu, no Piauí promete produzir, aproximadamente, 360 MW de energia.

As obras dos investimentos aprovados pela Aneel, que prometem gerar diversos empregos, têm data prevista para começar em outubro do próximo ano, e a data prevista para o início das operações da usina do Piauí é em 2023.

O Grupo Interalli está desenvolvendo projetos que chegam a somar cerca de 1 GW de energia. Serão, ao total, 3 complexos com usinas de energia solar no Piauí. A citada acima, Marangatu, que já foi aprovada pela Aneel, Carnaúba, que será composta por 9 usinas de energia solar em uma área de 1.300 hectares e com geração de energia de cerca de 392 MW, e, por fim, o Complexo de Brasileira, que terá 6 usinas de energia solar instaladas em uma área de 800 hectares e produzirá cerca de 232 MW de energia.

Palavras do Grupo Interalli

De acordo com Fabrício Slavieiro Fumagalli, diretor do Grupo Interalli, os três complexos de energia solar terão mais de 1 GW, e irão gerar diversas vagas de emprego, desenvolvimento e renda para o Piauí. Ele afirma que o grupo escolheu o estado devido ao fato dele se destacar nos últimos anos em atrair investimentos nos setores de energia renovável, em especial a energia solar.

Segundo Slavieiro, o mercado de energia solar é um dos grandes geradores de empregos renováveis, tanto na área de fabricação, distribuição, instalação, quanto nas áreas de vendas e desenvolvimento de projetos.

Piauí ganha destaque na indústria de energia solar

O Piauí está vivendo um grande crescimento na instalação de usinas do setor solar e, há mais de 4 anos, tem sido uma das referências no país. Segundo dados da ABSOLAR, o estado é líder em relação à geração centralizada.

Em 2020, também de acordo com a Absolar, a potência instalada era de aproximadamente 989,9 MW. E logo atrás estava o Ceará, com 829,1 MW e, em terceiro, a Bahia, com 776,8 MW.

Tags:
Valdemar Medeiros
Formado em Segurança do trabalho, especialista em marketing de conteúdo em conjunto de ações de SEO e Universitário de Publicidade e Propaganda.