3 vantagens do uso de sucata na produção do aço

Paulo Nogueira
por
-
28-04-2022 09:30:47
em Indústria e Construção Civil
3 vantagens do uso de sucata na produção do aço 3 vantagens do uso de sucata na produção do aço – Crédito: Canva.com




Ainda que a palavra “sucata” carregue uma carga pejorativa, sua utilização resulta em um aço de forte qualidade e valorizado no mercado

São Paulo, abril de 2022 – Existem duas maneiras relativamente comuns de produzir aço: pela combinação de minério de ferro e carvão ou por meio da reciclagem da sucata de aço. Estima-se que aproximadamente 30% do aço produzido no Brasil seja proveniente da reciclagem. O aço é um dos poucos materiais que pode ser infinitamente reciclável sem qualquer perda de qualidade, de acordo com especialistas do setor.

Embora a palavra “sucata” possa sugerir algo pejorativo o aço proveniente dessa reciclagem possui um alto valor agregado, de acordo com o gerente de marketing da Açovisa, Giovani Marques da Costa. “A sucata é muito valorizada e cobiçada como matéria-prima”.

Artigos recomendados

Números da International Iron and Steel Institute indicam que 630 milhões de toneladas do produto são recicladas anualmente. E o Brasil tem se apresentado como um dos líderes globais em reciclagem. Só a associação sem fins lucrativos Prolata reciclou 55.090 toneladas de latas de aço em 2021 – por exemplo -, o que representa um aumento de 141% em comparação a 2020. A maioria dessas latas foram recicladas nas regiões Sul, Sudeste e Nordeste: 28, 16 e 8 mil toneladas de latas de aço pós consumo, respectivamente. Paraná é o estado que mais reciclou.

Reciclagem

O processo começa com a separação da sucata ainda na coleta seletiva de resíduos, essa organização pode ser manual ou eletromagnética. A sucata então é prensada em fardos para facilitar e otimizar o transporte até as usinas siderúrgicas, onde é submetida a temperaturas elevadas em fornos elétricos ou a oxigênio que chegam aos 1500º. Nessa temperatura o aço atinge seu ponto de fusão, chegando ao estado líquido podendo ser moldado em tarugos ou placas metálicas para então ser conformado em chapas, perfis e barras de aço.

É um processo considerado rápido que reduz os impactos ambientais. Na reciclagem, o consumo de energia elétrica chega a ser 80% menor, também há economia da utilização de água, inclusive porque não há processo de extração de minério. Além disso, cada tonelada de aço representa uma economia de 1.140 quilos de minério de ferro. 

A qualidade final do aço reciclado também é indicada por Costa:

Laminação

A laminação é o processo de reduzir a espessura de uma chapa, barra ou perfil metálico por meio da passagem entre dois ou mais cilindros girantes. E o processo de laminação do aço proveniente da sucata gera um produto de maior qualidade.

Propriedades mecânicas

“Quando falamos de propriedades mecânicas falamos de elasticidade, dureza, fadiga e resistência à tração, por exemplo, e essas características do aço sucata costumam ser mais positivas do que o aço comum.”

Sobre a Açovisa

Açovisa possui mais de 25 anos de atuação no mercado de aço e é considerada como umas das líderes do setor de siderurgia nacional. A sede em Guarulhos, com 15.000 m², é equipada com laboratório químico e metalográfico, além de equipamentos de ponta para realizar ensaios, análises e emissão de documentação, como certificados de qualidade. Possui 400 colaboradores em mais de 13 unidades, com presença em todo o Brasil.

Fonte Autoral: Ortolani Comunicação

Sites Parceiros

Publicidade




Tags:
Paulo Nogueira
Com formação técnica, atuei no mercado de óleo e gás offshore por alguns anos. Hoje, eu e minha equipe nos dedicamos a levar informações do setor de energia brasileiro e do mundo, sempre com fontes de credibilidade e atualizadas.