Início Usina de biodiesel inativa no MT está se preparando para voltar ao mercado

Usina de biodiesel inativa no MT está se preparando para voltar ao mercado

19 de fevereiro de 2021 às 10:11
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Usina - biodiesel - MT
Usina fênix

Usina de biodiesel desativada em MT pode retornar ainda este ano para o mercado

A unidade industrial de Alto Araguaia (MT), que estava inativa já há algum tempo, está se preparando para ser reativada e muito em breve entrará para a lista de usinas de biodiesel inativas que estão se preparando para voltar a operar no mercado. A usina de Alto do Araguaia foi construída pela Agrenco, que já tem previsão de retomar a produção até o final deste ano (2021). A planta da unidade industrial deverá receber o nome sugestivo Fênix, fazendo menção à marca que irá reativar sua produção e volta ao mercado.

Leia também

A reativação da usina de fabricação de biodiesel no MT

Mesmo que seu nome ainda não conste na lista de instalações produtoras de biocombustíveis, a informação de que a usina de Alto Araguaia será reativada já vinha há algumas semanas circulando pelo setor.

Os rumores se deram quando funcionários da Fênix Biodiesel começaram a postar sobre a manutenção da planta dos prédios de operação. Todas essas informações foram divulgadas nas redes sociais da Fênix.

Veja mais sobre a Fênix Biodiesel

Segundo o site BiodieselBR a Fênix Biodiesel é dirigida pelo empresário e político natural do Mato Grosso, Fábio Paulino Garcia. A marca também está ligada ao grupo empresarial comandado por Eloi Vitorio Marchett.

Em entrevista dada esta semana, Fábio Garcia relatou que a empresa tomou posse de todo o complexo do polo industrial de Alto do Araguaia, após a realização de um leilão judicial que ocorreu em julho de 2019. O empresário contou também e que a sua meta é colocar Alto Araguaia para funcionar com plena excelência novamente, utilizando sua forma antiga de esmagamento de soja, produção de farelo e óleo, fabricação de biodiesel e cogeração de eletricidade.

Relacionados
Mais recentes