Trump acusa o Brasil e Argentina de estarem prejudicando fazendeiros americanos e retalia taxando aço e alumínio

Bolsonaro Trump aço alumínio taxa

Bolsonaro anunciou em sua rede social que vai se reunir com Paulo Guedes hoje para resolver a crise da exportação e desvalorização do dólar citados por Trump

O presidente Trump disse na segunda-feira que restauraria as tarifas de todo o aço e alumínio enviados para os EUA do Brasil e da Argentina. “O Brasil e a Argentina estão presidindo uma desvalorização maciça de suas moedas. O que não é bom para nossos agricultores”, escreveu Trump no Twitter. “Portanto, com efeito imediato, restaurarei as tarifas de todo aço e alumínio enviados para os EUA a partir desses países”.

Veja também

O Ministério das Relações Exteriores da Argentina respondeu segunda-feira dizendo que começará a negociar com o Departamento de Estado, segundo a Reuters. O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, disse que planeja ligar para Trump para tentar convencê-lo a sair da alta tarifária.

“Vou ligar para ele para que ele não nos penalize”, disse Bolsonaro em entrevista à Rádio Itatiaia, informou a Reuters. “Nossa economia basicamente vem de commodities, é o que temos. Espero que ele entenda e que ele não nos penalize com isso, e tenho quase certeza de que ele vai nos ouvir.”

Trump impôs tarifas de 25% sobre o aço importado e 10% sobre as importações de alumínio em março de 2018, citando preocupações de segurança nacional, apesar de Brasil e Argentina receberem isenções.

“Brasil e Argentina estão promovendo desvalorização em massa de suas moedas, algo ruim para os nossos fazendeiros. Portanto, tendo efeito imediato, vou restaurar as tarifas sobre aço e alumínio que são importados aos Estados Unidos desses países”, escreveu Trump no Twitter.

 

O ministro da Produção e Trabalho da Argentina, Dante Sica, disse que as exportações de aço e alumínio para os EUA foram de cerca de US $ 700 milhões este ano, informou a Reuters.

As empresas siderúrgicas norte-americanas United States Steel Corp. e AK Steel Holding Corp. abriram em alta com as notícias.

“O Federal Reserve também deve agir para que países, dos quais existem muitos, não aproveitem mais nosso dólar forte desvalorizando ainda mais suas moedas”, twittou. “Isso torna muito difícil para nossos fabricantes e agricultores exportarem seus produtos de maneira justa. Taxas mais baixas e afrouxamento – Fed!”

Paulo Nogueira

About Paulo Nogueira

Formado em Eletrotécnica e entusiasta do setor de tecnologia, com experiência no setor O&G em empresas nacionais e internacionais.