Tecnologia – China lidera e avança cada vez mais no desenvolvimento do 6G

Roberta Souza
por
-
07-01-2022 18:19:53
em Economia, Negócios e Política
6G - China - Tecnologia Foto: reprodução




A China anunciou que a tecnologia do 6G deve ser comercializada em todo o mundo até 2030

Pela primeira vez em um laboratório de alta tecnologia, uma equipe em Nanjing, na capital da província de Jiangsu, no leste da China, teve êxito em atingir a taxa de 206,25 gigabytes por segundo (Gbps) durante um teste de velocidade do 6G. A informação foi divulgada no site do instituto.

Confira ainda:

A proeza de desenvolver o sistema pioneiro e experimental de comunicação de transmissão 6G, em tempo real, a uma velocidade de 360-430GHz terahertz ou 100/200 Gbps foi possível graças ao apoio do governo chinês, da empresa de telecomunicações China Mobile e da Universidade de Fudan. O sistema é considerado o mais veloz do planeta até então.

Possíveis usos para o 6G

A nova tecnologia 6G da China poderá ser utilizada para a comunicação sem fio de grande velocidade entre conjuntos de satélites, entre a atmosfera e o planeta e veículos aéreos sem tripulação.

Além disso, o 6G poderá oferecer um plus na velocidade de pico do sistema mais atual existente, o 5G, podendo servir inclusive ao metaverso. Para que isso ocorra, a tecnologia da China poderá ser unida às redes de fibra óptica para a expansão do acesso sem fio de 100-1000 Gbps ao ar livre e em locais fechados.

As ondas terahertz têm frequências maiores se comparadas com as ondas milimétricas (mm). A rede 5G atual usa faixas de frequência entre 24 GHz e 100 GHz, o que apresenta grande diferença em relação à frequência das redes 6G.

Transmissão com maior velocidade

Além disso, as ondas terahertz têm a capacidade de transmissão de dados com uma maior velocidade. Entretanto, elas possuem uma distância limitada de propagação do sinal, fato que demonstra ser um empecilho para sua aplicação em grande escala, de acordo com Xiang Ligang, diretor-geral da associação da indústria de telecomunicações Aliança de Consumo da Informação (Information Consumption Alliance, em inglês).

O esperado é que a tecnologia de comunicação sem fio 6G da China suceda a tecnologia 5G, que ainda está sendo implementada em diversos países. Além disso, o 6G torna possível que os dados sejam transmitidos a velocidades que são, no mínimo, 20x mais velozes que os padrões já existentes.

Sites Parceiros

Publicidade




Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos