Sindicado tenta barrar venda de ativos da Petrobras no Rio Grande do Norte; estatal já possui proposta bilionária

Fábio Lucas
por
-
24-10-2021 19:38:56
em Petróleo, Óleo e Gás
Petrobras combustivel refinaria Rio Grande do Norte Foto: Petrobras

Sindicado entra na justiça contra a venda da Refinaria Clara Camarão, da Petrobras, no Rio Grande do Norte

O sindicado dos Petroleiros do Rio Grande do Norte é contra a venda de refinaria de Clara Camarão, que está localizada na cidade de Guamaré-RN. O sindicado entrou com uma ação pública no Tribunal Regional Federal da 5ª região para tentar barrar a venda da refinaria e de outros ativos da Petrobras no estado.  

Como um pedido do sindicato já tinha sido negado na primeira instância, a categoria optou por entrar na segunda instância, dessa forma, busca vitória na justiça. O sindicado destaca que o objetivo ação na justiça é barrar avanço das negociações e evitar “danos econômicos, sociais e ambientais”. 

Estamos prevendo graves consequências no âmbito econômico, político, social, cultural e ambiental com destaque para a perda de receitas, royalties e projetos voltados a ações de cidadania e, principalmente, a perda de empregos num momento em que a economia do país está arrasada devido a pandemia do Covid-19”, disse Ivis Corsino, coordenador-geral do Sindipetro. 

Imagem da refinaria Clara Camarão, no RN. Foto: Petrobras

Entenda o processo  

No ano passado, mais precisamente no mês de agosto, a Petrobras anunciou que iria vender todos os ativos da estatal no estado do Rio Grande do Norte. OA estatal já possui propostas para a compra dos ativos com valores que superam as cifras de US$ 1 bilhão. A Petrobras vem negociando com a 3R Petroleum. 

O sindicado entende que a venda dos ativos da Petrobras é ilegal e, por conta disso, ficou entendido que era necessária uma ação judicial. A primeira instância entendeu que não a decisão de vender ou não os ativos no estado do Rio Grande do Norte são de decisão interna da estatal. 

Tags:
Fábio Lucas
Jornalista brasileiro, amo esportes, notícias e política. Já contribui em diversos outros portais relacionados a esportes, economia e informações regionais.
fwefwefwefwefwe