Siemens Energy e Mitsubishi Electric assinam memorando com compromisso de zerar as emissões de carbono

Carbono – Siemens – Mitsubishi Floresta e logo das empresas/ Fonte: Siemens Energy

A parceria para zerar as emissões de carbono entre a Siemens Energy e a Mitsubichi visa acelerar o desenvolvimento de soluções para substituição de gás de efeito estufa

A Siemens Energy e a Mitsubishi Electric assinaram um memorando de entendimento para conduzir um estudo de viabilidade sobre o desenvolvimento conjunto de soluções de comutação de alta tensão, com potencial para zerar as emissões de carbono, que substituem gases de efeito estufa por ar limpo, como isolamento. Veja ainda: Em busca de redução de emissão de carbono, Vale iniciará operação de navio equipado com modernas velas rotativas

Objetivo de zerar as emissões de carbono

A Siemens Energy e a Mitsubishi Electric irão pesquisar métodos para ampliar a aplicação da tecnologia de isolamento de ar limpo para tensões mais altas. Para zerar as emissões, eles começarão com um disjuntor de tanque morto de 245 kV, que irá acelerar a disponibilidade de soluções de comutação de alta tensão neutras para o clima para clientes em todo o mundo. Ambos os parceiros continuarão a fabricar, vender e fazer a manutenção de soluções de painéis de distribuição de forma independente.

Na maioria das subestações do mundo, o hexafluoreto de enxofre é o gás de efeito estufa mais potente do mundo, com um potencial de aquecimento global cerca de 23.500 vezes maior do que o gás carbono. Mesmo com um número muito baixo de vazamentos, o impacto no aquecimento global é significativo.

Em direção para zerar as emissões de carbono, a demanda por alternativas está crescendo, à medida que as operadoras buscam tecnologias à prova de futuro que reduzem significativamente a pegada de carbono de seus sistemas. Ao mesmo tempo, regulamentações para reduzir ou proibir o uso de gases fluorados na indústria elétrica estão sendo revisadas e implementadas em várias partes do mundo.

O compromisso da Siemens Energy e da Mitsubishi Electric

A Siemens Energy e a Mitsubishi Electric são pioneiras no desenvolvimento de soluções de comutação de alta tensão. Ambas as empresas têm trabalhado no desenvolvimento de soluções de chaveamento isoladas, com hexafluoreto de enxofre, que substituem o gás de efeito estufa por ar limpo, uma mistura pura de nitrogênio e oxigênio, a fim de contribuir para as metas globais de neutralidade de carbono.

Até o momento, o isolamento de ar limpo é a única alternativa aos gases de efeito estufa e, portanto, apresenta riscos zero para a saúde e segurança. Em conjunto com interruptores a vácuo, um desempenho superior para aplicações de chaveamento é garantido, mesmo em comparação com todos os disjuntores de hexafluoreto de enxofre conhecidos.

Veja ainda: Equinor irá ampliar seus investimentos em energias renováveis para acelerar sua transição e zerar as emissões de carbono

A norueguesa Equinor apresentou um plano mostrando que irá acelerar investimentos em energias renováveis e soluções de baixo carbono, à medida em que novos projetos de óleo e gás entram em operação, antes de atingirem um pico de produção em 2026, disse a empresa nesta terça-feira, pressionada para provar que pode se adaptar a um futuro mais “verde”.

A Equinor disse que irá dedicar mais de 50% dos investimentos a energias renováveis e captura de carbono até 2030, ante menos de 5% em 2020, atendendo às demandas de investidores e de alguns políticos noruegueses.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos