Home > Sem categoria

SBM é autorizada a concluir aquisição da participação Constellation em cinco FPSOs no Brasil

Paulo Nogueira
por
-
22-10-2019 13:30:25
em Sem categoria
SBM Constellation FPSOs no Brasi FPSO Cidade de Paraty sail away from Brasfels shipyard_03.jpg

A SBM  já era o acionista majoritário das entidades relacionadas e a operadora desses FPSOs e foi a parceira local da Constellation na disputa pelos contratos de afretamento dos FPSOs da Petrobras.

A holandesa SBM Offshore, recebeu a aprovação do Cade nesta terça-feira, 22 de outubro, para consumar a aquisição da participação Constellation anteriormente conhecido como Queiroz Galvão Óleo e Gás SA. Nós do Clique Petróleo e Gás anunciamos nesta sexta, 18,  sobre o caso, clique aqui e entenda.

Ao todo são 5 embarcações FPSOs da Constellation em operação no Brasil. O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou a transação, sem restrições.

A SBM  já era o acionista majoritário das entidades relacionadas e a operadora desses FPSOs e foi a parceira local da Constellation na disputa pelos contratos de afretamento dos FPSOs da Petrobras

Os FPSOs são Cidade de Paraty, Cidade de Ilhabela, Cidade de Marica, Cidade de Saquarema e Capixaba. A participação da Constellation em cada um dos FPSOs é de 20%, 12,75%, 5%, 5% e 20%, respectivamente.

“Para a SBM, faz sentido adquirir os ativos FPSO, especialmente considerando a sensibilidade do afretamento, manutenção e operação dos FPSOs e a incerteza de ter um eventual parceiro de joint venture não escolhido pela SBM e com quem a SBM não possui um bom relacionamento”, disse a SBM ao Conselho.

Constellation inicia perfuração de poços terrestres no Amazonas

No estado do Amazonas, a Sonda VIII da Constellation começou a operar o seu contrato com a Eneva para a perfuração de poços no Campo de Azulão. O anuncio foi feito no perfil da rede social da empresa em 17 de de outubro.

A expectativa é que sejam gerados 1.000 empregos em Roraima e mais 1.000 empregos no Amazonas nesta primeira fase do empreendimento.

A empresa declara, “Para nós é um prazer poder contribuir com o projeto da Eneva de desenvolvimento e produção de gás para geração de energia pela nova termoelétrica de Jaguatirica II, a ser instalada também pela Eneva, no município de Boa Vista, Roraima”.

Tags:
Paulo Nogueira
Com formação técnica, atuei no mercado de óleo e gás offshore por alguns anos. Hoje, eu e minha equipe nos dedicamos a levar informações do setor de energia brasileiro e do mundo, sempre com fontes de credibilidade e atualizadas.