Safira Solar investirá R$ 300 milhões na construção de novas usinas de energia solar fotovoltaica

Roberta Souza
por
-
19-10-2021 18:25:19
em Energia Renovável, Energia Solar
Usina – energia solar – construção Usina de energia solar/ Fonte: Bes Brasil

A empresa vai investir no mínimo R$ 300 milhões nos próximos dois anos para construção de usinas de energia solar fotovoltaicas, em Minas Gerais

A Safira Solar, empresa de geração distribuída de energia solar do Grupo Safira, vai investir – no mínimo – R$ 300 milhões nos próximos dois anos para construir usinas de energia solar fotovoltaicas, inclusive no estado de Minas Gerais. Segundo publicado pelo site Diário do Comércio, com projetos que contemplam ainda a geração centralizada, os aportes poderão chegar a R$ 500 milhões no período, a depender de fontes de financiamento e de aprovação dos projetos junto ao operador nacional. Leia ainda esta notícia: Usina de energia solar fotovoltaica, instalada no telhado da fábrica da Udiaço, é a maior do estado de São Paulo

Estado de Minas Gerais irá receber grande parte dos investimentos nas usinas solares

De acordo com o sócio-diretor da Safira Solar, Vinícius Ferreira, o estado de Minas Gerais já recebeu a primeira usina de energia solar fotovoltaica da empresa e já conta com outras três em construção e que deverão entrar em operação no primeiro trimestre do ano que vem, mediante aportes de R$ 70 milhões. A unidade já em funcionamento em Montes Claros, foi inaugurada em abril, com 5 megawatts (MW) de capacidade instalada e já atende 534 consumidores e 44 clientes comerciais em mais de 200 cidades do estado.

Já as demais usinas de energia solar fotovoltaica estão sendo implantadas no município de Rio do Prado, no Vale do Jequitinhonha, sob aportes de R$ 50 milhões e possuem capacidade de 2,5 MW cada. “Com as três novas usinas vamos chegar próximo de 15 mil clientes, gerando sua própria energia de maneira sustentável em Minas Gerais. A geração fotovoltaica distribuída pela Safira Solar é totalmente limpa e contribui não somente para combater o aquecimento global, mas também a crise energética que enfrentamos hoje no Brasil”, diz.

Grandes projetos com o uso de energia solar

O executivo da empresa não deu muitos detalhes sobre os demais projetos das usina de energia solar, alegando que alguns ainda dependem de aprovação do operador nacional e também de fontes de financiamento. Neste quesito, ele revelou que negociações estão sendo intermediadas pela Câmara Brasil China em vistas de atrair opções de financiamento daquele país.

 “Os R$ 300 milhões são o piso do que será feito pela empresa. Em um total de 18 projetos que possuem a meta de serem aprovados até fevereiro de 2022, caso 7 sejam viabilizados, teremos os R$ 300 milhões. Mas se chegarmos a 10 ou 12, podemos falar em cifras próximas de R$ 500 milhões”, explicou.

Confira ainda esta notícia: Com a criação de 1.500 empregos e investimentos de R$ 2 bilhões, nova usina de energia solar será construída na Paraíba

O governador da Paraíba João Azevêdo irá autorizar a instalação de usina de energia solar fotovoltaica, no município de Santa Luzia, Sertão da Paraíba. De acordo com o gestor, o Complexo Solar Santa Luzia, que será operacionalizado pelo grupo Rio Alto, nos municípios de Santa Luzia e São Mamede. Serão investidos mais de R$ 2 bilhões e mais de 1.500 empregos diretos e indiretos, serão criados com o empreendimento.

João diz que a nova usina de energia solar fotovoltaica irá movimentar, inicialmente, R$ 2 bilhões e gerar mais de 1.500 empregos diretos e indiretos. “Estaremos produzindo energia limpa e renovável em breve, para que possamos economizar a água e gerar ainda mais empregos”, ressalta o governador da Paraíba, sobre a construção da nova usina de energia solar fotovoltaica no estado.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos
fwefwefwefwefwe