Início Recorde de exportação do minério brasileiro em 2022 para a China, Canadá e Finlândia: O níquel sulfetado é fundamental na fabricação de baterias para veículos elétricos, principalmente no mercado Europeu

Recorde de exportação do minério brasileiro em 2022 para a China, Canadá e Finlândia: O níquel sulfetado é fundamental na fabricação de baterias para veículos elétricos, principalmente no mercado Europeu

16 de abril de 2022 às 11:39
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Embarque de níquel sulfetado em direção à Finlândia
Carga de concentrado de níquel sulfetado no Porto de Ilhéus (BA), no dia 4 de abril -Fonte Atlantic Nickel




Atlantic Nickel conclui embarque para Europa e já ultrapassa 29 mil toneladas de minério exportadas este ano  

Salvador, 14 de abril de 2022 – A Atlantic Nickel, única empresa produtora de níquel sulfetado no Brasil, finalizou o terceiro embarque de minério para exportação neste ano de 2022. A carga com 10.185,8 toneladas de concentrado de níquel sulfetado zarpou do Porto de Ilhéus (BA), no dia 4 de abril, em direção à Finlândia, no continente europeu. Com mais este embarque, a Mina Santa Rita, no município baiano de Itagibá, alcança resultado superior a 29 mil toneladas comercializadas este ano. Os dois primeiros embarques de 2022 tiveram como destino o Canadá e a China. 

O concentrado de níquel sulfetado é matéria-prima de alta qualidade e componente fundamental na fabricação de baterias para veículos elétricos. Em escala mundial e sob demanda crescente, é um dos metais mais versáteis e resistentes na natureza, com utilidade crucial para construir sociedades sustentáveis, por meio da geração de energia limpa, capaz de garantir um futuro de baixo carbono. 

Desde que iniciou as operações na Mina Santa Rita, em outubro de 2019, a Atlantic Nickel mantém o compromisso de trabalhar em nome do desenvolvimento sustentável, sem perder de vista o propósito de atingir o seu máximo potencial de produção. Em 2021, a empresa encerrou o ano com desempenho operacional e financeiro recorde, após 11 embarques e 110.409,75 toneladas exportadas.  

“Observar o que já alcançamos nos dá ainda mais energia para trilhar o caminho de novas realizações que temos pela frente. Enquanto celebramos os nossos resultados crescentes, estamos certos de que cumprimos também o compromisso primordial com a sustentabilidade. Operamos um modelo de produção eficiente, que não perde de vista o propósito de promover o desenvolvimento socioeconômico de Itagibá e região”, finaliza o diretor geral de operações, Ricardo Campos. 

correia transportadora levando níquel sulfetado para abastecer navio que levará o minério para a FinlândiaVia Atlantic Nickel    

 
Sobre a Atlantic Nickel    

Única empresa produtora de níquel sulfetado no país, a Atlantic Nickel atua desde outubro de 2019 na extração do minério fundamental para a fabricação de baterias de veículos elétricos. São mais de 2.500 empregos diretos gerados pelo negócio e R$ 151 milhões injetados em compras e contratos com fornecedores da Bahia de 2018 a 2020.   

A projeção da companhia é dobrar a capacidade produtiva, com o início da operação subterrânea na Mina Santa Rita, prevista para 2028, o que vai elevar o tempo de vida útil da mina de oito para 34 anos (7 anos de mina a céu aberto + 27 anos de mina subterrânea). De acordo com a Avaliação Econômica Preliminar, cerca de US$ 355 milhões devem ser investidos nos primeiros cinco anos desta nova fase.     

Para além disso, a Atlantic Nickel já comemora a recente descoberta de um novo depósito com potencial significativo de recursos de níquel a apenas 26km de distância, e no mesmo cinturão geológico, de onde já funciona a Mina Santa Rita. 

FONTE AUTORAL: Imprensa Atlantic Nickel


Relacionados
Mais recentes