Noxis Energy orça em US$ 600 milhões projeto para uma nova refinaria de petróleo em Sergipe

Refinaria, petróleo, Sergipe Refinaria de petróleo

A Noxis Energy que atua principalmente no refino de petróleo, pode abrir nova refinaria em Sergipe, para processar 50 mil barris/dia

A Noxis Energy, empresa que atua no refino de petróleo utilizando as mais recentes tecnologias, em plantas instaladas em locais estratégicos ao longo da costa brasileira, poderá instalar no estado de Sergipe uma nova refinaria, com capacidade de processamento de 50 mil barris por dia e com um investimento de 600 milhões de dólares.

Confira também outras notícias:

Antigo projeto de refinaria em Sergipe:

O governo do estado de Sergipe anunciou em 2014, com grande alarde que a Costa Global construiria uma pequena refinaria em Camópolis com um orçamento de 120 milhões de reais e um benefício diário de cerca de 5 mil barris. Em cerimônia meticulosamente concorrida, o então governador Jackson Barreto (MDB) celebrou o projeto com receita operacional estimada em 480 milhões de reais.

Paulo Roberto Costa, ex-diretor da Petrobras e dono da nova refinaria que iria ser construída disse que “Vamos produzir gasolina e óleo diesel e a obra deve gerar 250 empregos, sendo 50 diretos na fase de operação da refinaria”.

No entanto, poucos dias após o anúncio, estourou a Operação Lava Jato, onde Paulo Roberto Costa foi um dos primeiros presos pela Polícia Federal. Desde então, não há menção à refinaria que será instalada em solo sergipano.

A Noxis Energy pretende obter este ano, licença da instalação e começar a terraplenagem da área.

Novas refinarias podem despontar no cenário nacional:

O setor de refinarias do Brasil neste ano podem apresentar diversas empresas que irão despontar no mercado. A medida pode ser influencia pelos desinvestimentos da estatal Petrobras e através também de avanço de projetos construídos do zero, voltados a atenderem os mercados locais.

Os executivos da área dizem que encerrar o licenciamento ainda este ano e conseguir fechar a equação financeira dos projeto mesmo em tempos de retração econômica – apesar de sua pequena escala, serão necessários bilhões de reais.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos