Petrobras põe à venda mais dois campos de petróleo em águas profundas da Bacia de Campos

Flavia Marinho
por
-
25-09-2020 13:56:14
em Petróleo, Óleo e Gás
campos de petróleo petrobras na bacia de campos Petrobras põe à venda campos de petróleo em águas profundas da Bacia de Campos

Os dois campos de petróleo localizados na Bacia de Campos serão vendidos pela Petrobras com as infraestruturas de produção e escoamento

A Petrobras informou em fato relevante na manhã desta sexta-feira (25/09) que deu início ao processo de venda da totalidade de suas participações nas concessões Albacora e Albacora Leste, localizadas em águas profundas na Bacia de Campos. Muitas vagas de emprego em Macaé, SP e ES abertas pelo Recursos Humanos da Priner atuante no Offshore, Naval, Mineração, Siderurgia e Infraestrutura

Leia também

A estatal petroleira brasileira informou no comunicado, que “a operação está alinhada à estratégia de otimização de portfólio e melhoria de alocação do capital da companhia, passando a concentrar cada vez mais os seus recursos em águas profundas e ultra-profundas, onde a Petrobras tem demonstrado grande diferencial competitivo ao longo dos anos.”

O campo de petróleo Albacora, no qual a Petrobras detém 100% de participação, possui uma área de 455 quilômetros quadrados e está situado ao norte de Campos, no Rio de Janeiro. Em agosto deste ano, Albacora produziu 38,7 mil barris de óleo por dia e 716 mil m3/dia de gás.

Também situado ao norte de Campos, no Rio de Janeiro, o campo de petróleo Albacora Leste, onde a Petrobras é operadora do campo com 90% de participação e os 10% restantes pertencem à Repsol Sinopec Brasil, possui uma área de 511,56 quilômetros quadrados. Em agosto de 2020, Albacora Leste produziu 33,3 mil barris de óleo por dia e 707 mil m3/dia de gás.

Você pode conferir o teaser, que contém as principais informações sobre a oportunidade, bem como os critérios de elegibilidade para a seleção de potenciais participantes, diretamente no site da Petrobras clicando aqui.

Petrobras contrata duas plataformas semi-submersíveis para manutenção e suporte no pré-sal

As plataformas de acomodação offshore serão utilizadas para manutenção e suporte de acomodação para plataformas da Petrobras e navios flutuantes de armazenamento e descarregamento de produção (“FPSO”) em águas brasileiras do pré-sal por aproximadamente 3 anos.

A Petrobras terá a opção de prorrogar os contratos por mais 1,5 ano para ambas as embarcações que irão atuar no pré-sal.

Este é o terceiro contrato da POSH Xanadu e o primeiro da POSH Arcadia com a Petrobras. As duas plataformas são projetadas para águas profundas e ambientes operacionais agressivos, como o pré-sal brasileiro. Elas oferecem acomodação para 750 pessoas, cada.

Tags:
Flavia Marinho
Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.