Petrobras põe à venda 11 campos de petróleo onshore, Terminal Aquaviário e Oleoduto no estado de Sergipe

Flavia Marinho
por
-
19-02-2021 10:19:26
em Petróleo, Óleo e Gás
sergipe - petrobras - emprego - tecarmo Terminal Aquaviário de Aracaju (Tecarmo) Petrobras

Para focar no pré-sal, Petrobras pôs à venda nesta manhã (19/02), 11 campos onshore, Terminal Aquaviário e Oleoduto no estado de Sergipe

A Petrobras informou na manhã deste dia (19/02), o início da fase vinculante referente à venda da totalidade de suas participações em um conjunto de 11 concessões de campos onshore, com instalações integradas, localizadas no estado de Sergipe. Procurando emprego? Coca Cola, a multinacional maior produtora de bebidas não alcoólicas, convoca para 67 vagas de emprego em SP, RJ, MG, RS e mais

Leia também

O Terminal Aquaviário de Aracaju (Tecarmo) e o Oleoduto Bonsucesso-Atalaia, que escoa a produção de óleo das concessões até o Tecarmo, fazem parte das instalações integradas do Polo Carmópolis, em Sergipe.

Petrobras informa que os potenciais compradores habilitados para essa fase receberão carta-convite com instruções detalhadas sobre o processo de desinvestimento.

“Essa operação está alinhada à estratégia de otimização de portfólio e melhoria de alocação do capital da companhia, passando a concentrar cada vez mais os seus recursos em ativos de classe mundial em águas profundas e ultra profundas”, die a Petrobras

Sobre o Polo Carmópolis em Sergipe da Petrobras

O Polo Carmópolis compreende 11 concessões de produção terrestres, localizadas em diferentes municípios do estado de Sergipe, além de incluir acesso à infraestrutura de processamento, escoamento, armazenamento e transporte de petróleo e gás natural.

Também fazem parte do Polo Carmópolis, o Polo Atalaia, que contém, dentre outros ativos, o Terminal Aquaviário de Aracaju (Tecarmo) e o Oleoduto Bonsucesso-Atalaia, que escoa a produção de óleo das concessões até o Tecarmo.

No ano de 2020, a produção média do Polo Carmópolis em Sergipe foi de cerca de 10 mil barris de óleo por dia e de 67 mil m3/dia de gás. A Petrobras é a operadora nesses campos, com 100% de participação.

Tags:
Flavia Marinho
Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.