Petrobras passa 20% do Comperj e alguns campos de petróleo para os chineses

Petrobras comperj chineses

Além da refinaria, os chines também conseguem adquirir 20% da exploração em alguns campos de petróleo na Bacia de Campos

A Petrobras fecha um novo acordo com a chinesa CNODC( subsidiária da CNPC) e agora além de concluir as obras do Comperj, ela passará a ter 20% das operações do empreendimento e a Petrobras 80% através de uma joint venture. O acordo anterior era apenas para a conclusão da UPGN( Unidade de Processamento de Gás e segundo a assessoria da Petrobras, até 2019 serão criados cerca de  1300 empregos diretos.

Mas esta parceria vai além das atividades de refino. A Petrobras gerará mais uma joint venture com os orientais na modalidade de exploração e produção offshore, mas especificamente na Bacia de Campos, foram 4 campos que a CNODC conseguiu operações: Marlim, Voador, Marlim Sul e Marlim Leste, em todas estas a fatia será de 20% também.

Ivan Monteiro, da Petrobras “Com a assinatura do Acordo Integrado, avançamos significativamente na parceria estratégica com a chinesa CNPC para concluir a refinaria do Comperj e implementar um projeto consistente para revitalização do campo de Marlim.”

“O petróleo pesado produzido no cluster de Marlim tem características adequadas à refinaria do Comperj, projetada para processar este tipo de óleo, com alta conversão. Este é um passo importante no desenvolvimento da parceria estratégica entre as companhias. Sua efetiva implementação dependerá da conclusão dos estudos de viabilidade e, consequentemente, da decisão de investimento pelas partes no Comperj, bem como do sucesso das negociações dos acordos finais”, ressalta a estatal em comunicado a imprensa

Acontece que a CNPC tem expertise e poderá ter boa performance a revitalização destes campos, deixando a Petrobras com foco no pré-sal. Vale ressaltar que a Petrobras também fechou com a petroleira Murphy para exploração e produção em ativos no Golfo do México semana passada, confiram a matéria qui para mais detalhes, voltando gradualmente à aumentar seu portfólio de serviços para além e do Brasil.

Paulo Nogueira

About Paulo Nogueira

Formado em Eletrotécnica e entusiasta do setor de tecnologia, com experiência no setor O&G em empresas nacionais e internacionais.