Petrobras estende contrado com a BHGE

 

A Petrobras irá permancer utilizando base de apoio à movimentação de dutos flexíveis em Niterói, no estado do Rio

A Petrobras estendeu o contrato de apoio logístico à movimentação de dutos flexíveis com a Baker Hughes, a GE company. O acordo de R$ 250 milhões terá duração de dois anos, com possibilidade de renovação por mais um ano.

As atividades serão realizadas na base da BHGE em Niterói (RJ), utilizada pela Petrobras desde 2014, quando foi inaugurada ao lado da fábrica de flexíveis da Wellstream.

A contratação dos serviços foi, originalmente, formalizada em 2011, por US$ 200 milhões, com a empresa então adquirida pela GE O&G.

A BHGE – resultado da combinação entre a GE O&G e a Baker Hughes – foi a única empresa a apresentar proposta na licitação promovida pela Petrobras para contratar uma base por dois anos.

O objetivo da petroleira era contratar uma base de maior parte, mas, como o processo já durava dois anos, a estatal decidiu abrir uma concorrência para garantir o atendimento à sua demanda até que a nova planta estivesse disponível.

As negociações para contratação do projeto greenfield seguem em curso com a TechnipFMC, que ofereceu ma área no Porto do Açu, onde tem uma fábrica de linhas flexíveis.

O edital da licitação prevê a contratação de uma base com quatro berços para estocar até 300 bobinas por cinco anos.

Por Brasil Energia

A BHGE supera Halliburton e assinará contrato de perfilagem de poços com a Petrobras depois de três anos sem trabalhar para a estatal brasileira

A BHGE, está de volta ao mercado de perfilagem de poços, a empresa tem o segundo melhor preço em uma licitação da Petrobras.

A Schlumberger, com a melhor proposta, deve ficar com o lote A e a Halliburton, que foi vencida pela BHGE, deve ficar de fora do negócio que está avaliado em US$ 70 milhões.

O Brasil deve atrair 50% do investimento mundial no mercado de subsea para petróleo e gás. A avaliação é de Rachid Félix, chairperson da sessão 3 do SPE Brazil Subsea Symposium: Unleashing the potential of Subsea 4.0​​​​​​​​​​​​​​, que acontece em 18 e 19 de junho, na Firjan, no Rio de Janeiro.


Baixem também o aplicativo  Empregos e Noticiais CPG para Android na Playstore clicando aqui. Nele postamos informações e oportunidades exclusivas todos os dias.

Gostaria de compartilhar uma foto conosco da sua área de trabalho, vagas de empregos ( com as fontes), sugestões de pautas ou alguma outra informação importante do ramo de energia e empregabilidade? Entre em contato com a gente no Messenger aqui.

Sobre Flavia Marinho

Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica com ênfase em Automação , Inglês avançado e experiência na indústria de construção naval no estaleiro Brasfels (KeppelFells). Conhecimento dos processos de KPI, planejamento de tubulação, comissionamento e construção de drilling rigs, FPSO’s e reparos.