Petrobras contrata mais uma UMS da Prosafe para atividades offshore no Brasil

safe eurus Petrobras Prosafe Brasil

A petrolífera brasileira Petrobras irá contratar a unidade de alojamento marítimo da Prosafe, a Safe Eurus.

Sob o acordo assinado com a Prosafe, a Petrobras fretará a embarcação semi-submersível Safe Eurus para suporte de segurança e manutenção offshore no Brasil. O contrato deve começar no quarto trimestre de 2019 com um compromisso firme de três anos. Este será o primeiro trabalho para o Safe Eurus. O valor total do contrato é de aproximadamente US $ 80 milhões.

Construído pelo COSCO da China, o Safe Eurus será o terceiro navio Prosafe sob uma licença no Brasil, com o navio irmão Safe Notos também em fretamento para a Petrobras, e o Safe Concordia com a japonesa MODEC.
A Safe Eurus, uma embarcação de apoio de segurança e manutenção semi-submersível de ambiente dinâmico (DP3), pode acomodar até 500 pessoas.
Jesper Kragh Andresen, CEO da Prosafe, diz: “A Prosafe está orgulhosa em garantir este contrato para continuar a forte parceria com a Petrobras construída ao longo de 8 anos de operações brasileiras.”

Petrobras também fechou contrato de 5 anos com a OSS Tiradentes

Em comunicado oficial da OSS Internacional no dia 23 de abril, a Petrobras manterá a unidade de acomodação operando em águas brasileiras até 2024 e começa a cumprir este contrato já no terceiro trimestre de 2019.

A OOS Tiradentes é uma unidade autopropulsada equipada com guindastes elétricos com capacidade de até 2x 60T e acomodação para 600 pessoas a bordo projetada para operações de manutenção e instalação em oceanos em todo o mundo como o Brasil e o Golfo do México. Saibam mais aqui.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Click Petróleo e Gás.

Paulo Nogueira

Sobre Paulo Nogueira

Formado em Eletrotécnica e entusiasta do setor de tecnologia, com experiência no setor O&G em empresas nacionais e internacionais.