Petrobras começa licitação para os equipamentos submarinos de Búzios V

Búzios V

Período para as interessadas enviarem suas propostas já iniciaram e vai até o dia 24 de outubro deste ano. Petrobras já encomendou o FPSO à japonesa Modec

Depois de afretar o FPSO para o campo de Búzios V com a Modec, chegou a vez da Petrobras abrir a licitação para a instalação do sistema submarino que será interligado à embarcação.
O período de entrega das propostas vai até o dia 24 de outubro e a licitação é de âmbito nacional. O campo de Búzios V está localizado na cessão onerosa da bacia de Santos.

O Subsea

O sistema submarino será interligado ao FPSO de Búzios V,  embarcação que a Modec ainda não divulgou onde será construída,  através de 15 poços (8 produtores e 7 injetores), divididos em duas fases.
Segundo o edital aberto pela Petrobras, a contratada implementará as interligações previstas para a primeira fase, que compreende 5 produtores, 5 injetores e 1 gasoduto de exportação.

O FPSO Búzios 5 será instalado na Bacia de Santos, em lâmina d’água variando entre 1.537 metros e 2.190 metros e a Petrobras teve que postergar de 2021 para 2022 o primeiro óleo da unidade30.
O Click Petróleo e Gás já havia publicado o atraso do projeto que estava previsto para entrar em operação em 2020, mas houve a postergação de prazo de um ano.

A Configuração típica dos risers será no modelo conhecido como “SLWR” que são tubos de aço instalados com um grupo de flutuadores formando uma corcova e são ligados diretamente ao FPSO.

Vale lembrar que a plataforma Búzios V encomendada pela Petrobras, será construída pela japonesa Modec. A unidade terá a capacidade de processar diariamente 150 mil barris de óleo bruto, 6 milhões de metros cúbicos de gás, 240 mil barris de injeção de água e terá ainda capacidade mínima de armazenamento de 1,4 milhões de barris de óleo bruto.

Leia também ! Em ritmo de retomada, A Odebrecht afreta 1ª sonda à Petrobras após a operação Lava Jato !

Renato Oliveira

About Renato Oliveira

Engenheiro de Produção com pós-graduação em Fabricação e montagem de tubulações com 30 anos de experiência em inspeção/fabricacão/montagem de tubulações/testes/Planejamento e PCP e comissionamento na construção naval/offshore (conversão de cascos FPSO's e módulos de topsides) nos maiores estaleiros nacionais e 2 anos em estaleiro japonês (Kawasaki)