Obras da nova fábrica de queijos da Piracanjuba, no Paraná, prometem gerar 250 oportunidades de emprego

Valdemar Medeiros
por
-
14-12-2021 11:49:10
em Indústria e Construção Civil
fábrica - Piracanjuba - obras - oportunidades de emprego - Paraná Área da nova unidade de fabricação de queijos da Piracanjuba – Foto: Divulgação/Piracanjuba




A Piracanjuba está dando início à construção da sua fábrica de queijos no Paraná, que tem a previsão de produzir mais de 1,3 mil litros por dia e gerar mais de 250 oportunidades de emprego até 2025

No sudoeste do Paraná, a 450 quilômetros de Curitiba, está o município de São Jorge D-Oeste, que conta com uma população de 9 mil habitantes. Nos próximos anos, o município contará com a maior fábrica de queijos do país, que será construída pela Piracanjuba. No fim do ano passado, mesmo com a pandemia, a Piracanjuba anunciou seu novo projeto, que conta com uma área construída de 54.491,71 m². A estimativa é que sejam geradas cerca de 250 oportunidades de emprego.

Leia outras notícias relacionadas

Fábrica da Piracanjuba produzirá 1.370 mil litros de leite por dia

De acordo com Cesar Helou, Superintendente da Piracanjuba, a fábrica será a terceira da companhia voltada para a produção de manteigas e queijos e terá uma capacidade de processamento de 1.370 mil litros de leite diários.

Na primeira etapa, que tem previsão de entrega para o primeiro semestre de 2024, a fábrica produzirá manteiga e mussarela. Já na segunda, a unidade, que criará diversas oportunidades de emprego no Paraná, sediará um complexo industrial para secagem de soro que será utilizado como insumo para outras produções, e uma fábrica de leite longa vida.

A economia do município é baseada em turismo e atividades agropecuárias, inclusive na criação de gado de leite. De acordo com Cesar, o sudoeste do Paraná tem o clima e um relevo propício para o leite. Para a Piracanjuba também é essencial a questão da água, já que uma indústria de alimentos não funciona sem estes recursos.

Unidade entrará em total operação em 2025

Cesar afirma que por conta do potencial da região, a empresa foi a melhor opção para a construção de uma nova fábrica de queijos. O local está sendo planejado segundo os critérios ambientais, com tecnologia compatível para a produção sustentável e respeitando o meio ambiente.

Já com as obras de terraplanagem em andamento, o projeto arquitetônico da nova fábrica da Piracanjuba no Paraná, que criará diversas oportunidades de emprego foi apresentado à prefeita do município e à Ministra de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Nas oportunidades, as autoridades ficaram por dentro de algumas informações da nova fábrica do Paraná, o Projeto arquitetônico e a tecnologia que será usada na instalação.

A Ministra parabenizou a empresa pelo empreendimento que criará diversas oportunidades de emprego e renda para a região, dando mais valor à cadeia do agronegócio e leite nacional. A estimativa é que até o segundo semestre de 2025, a fábrica já esteja funcionando totalmente.

Sobre a empresa

Junta das marcas Pirakids, LeitBom, Chocobom e Viva Bem, a Piracanjuba está inclusa no conglomerado Laticínios Bela Vista e é uma das quatro maiores indústrias de laticínios do país com capacidade de processar mais de 6 milhões de litros por dia, e gera cerca de 3,3 mil oportunidades de emprego diretos.

A empresa conta com 7 fábricas localizadas em: Bela Vista de Goiás (GO), Governador Valadares (MG), Maravilha (SC), Sulina (PR), Araraquara (SP), Três Rios (RJ) e Carazinho (RS).

Sites Parceiros

Publicidade




Tags:
Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.