O governo de Santa Catarina pede aprovação federal de projeto de gás: retomada de operações da Petrobras também estão em jogo

petrobras - gás - preço - gnl - vagas - rio - bolívia Terminal de gás natural (GNL) da Baía de Guanabara (RJ) / Imagem: Divulgação Google

Mais termelétricas, reativação de terminais da Petrobras no Nordeste e a superação energética causada pela crise hídrica dependem de terminais GNL a serem instalados no país

O estado de Santa Catarina solicitou à ANP que priorize a análise do pedido de autorização da New Fortress Energy para o Terminal Gás Sul de GNL, segundo BNamericas. Autoridades estaduais afirmam que o empreendimento aumentará o fornecimento de gás natural nas áreas do sul, o que é urgente devido à crise energética que o país atravessa e até mesmo retomada de algumas operações da Petrobras.

Leiam também em nosso Portal

O terminal terá capacidade de regaseificação de 15Mm3 / d (milhões de metros cúbicos por dia) e está programado para entrar em operação no primeiro trimestre de 2022. Com vários reservatórios hidrelétricos principais em níveis baixos em meio à pior seca em mais de 90 anos, o Brasil depende de toda a sua capacidade termelétrica, incluindo usinas a gás natural.

O que está em jogo para a Petrobras?

Isso colocou o fornecimento de gás local sob pressão, levando o governo a reativar o terminal de GNL da empresa estatal de petróleo e gás Petrobras, no Porto de Pecém, no estado do Ceará.

Mas a Petrobras quer retomar as operações em Pecém somente após a conclusão do processo de arrendamento de seu terminal de regaseificação da Bahia (TRBA).

Além das unidades da Petrobras na Baía de Guanabara e na Bahia, estão em operação outros dois terminais de GNL, pertencentes à Celse e à Gás Natural Açu, em Sergipe e no Rio de Janeiro, abastecendo as termelétricas Porto de Sergipe e GNA I.

E uma decisão final de investimento para o terminal de 15Mm3 / d Barcarena, no Pará, também de propriedade da New Fortress Energy, foi tomada recentemente. A previsão é que o terminal entre em operação em 2022.

A New Fortress também está planejando outro terminal de GNL no porto de Suape.

De acordo com a empresa federal de pesquisa energética EPE, outros oito projetos de GNL estão em diferentes estágios de desenvolvimento, incluindo aquele que a Compas Gás e Energia (Cosan) começou a construir recentemente em São Paulo.

A EPE também mencionou quatro terminais adicionais de GNL, totalizando 56Mm3 / d de capacidade de regaseificação (14M3 / d cada) e exigindo R $ 1,09 bilhão (US $ 210 milhões) em investimentos em um estudo recente.

Você sabe o que é a nova Lei do Gás e o que ele poderia significar para o Brasil? Assista o vídeo à seguir para entender melhor

Tags:
Paulo Nogueira
Com formação técnica, atuei no mercado de óleo e gás offshore por alguns anos. Hoje, eu e minha equipe nos dedicamos a levar informações do setor de energia brasileiro e do mundo, sempre com fontes de credibilidade e atualizadas.
fwefwefwefwefwe