Nova rede de supermercados abrirá 300 novos empregos com a construção de nova unidade, no estado de São Paulo

São Paulo – empregos – construção Unidade do grupo Albarce/ Fonte: O Diário de Mogi

A unidade entre Mogi-Bertioga, no estado de São Paulo, começou sua construção no mês de fevereiro e já está com as obras avançadas

O grupo Alabarce, está prestes a inaugurar o quinto mercado na cidade de Mogi das Cruzes, no estado de São Paulo. A unidade que está em construção desde fevereiro na Rodovia Mogi-Bertioga, na Vila Moraes, chegou à fase final das obras. Com o início da operação, quase 300 empregos diretos deverão ser gerados, com mais de 200 funcionários atuando no supermercado e o restante dos trabalhadores contratados para atender nas lojas do boulevard. Leia ainda esta notícia: Raízen anuncia a construção de nova unidade de etanol celulósico, no estado de São Paulo

A nova rede de supermercados no estado de São Paulo

As instalações ficam praticamente entre Bertioga e Mogi das Cruzes, no estado de São Paulo: a 30 minutos da praia e 20 minutos do centro mogiano. Com o início da operação, quase 300 empregos diretos deverão ser gerados, com mais de 200 funcionários atuando no supermercado e cerca de 100 trabalhadores contratados para atender nas lojas do boulevard.

Atualmente, a construção do supermercado no estado de São Paulo, está na fase de cobertura, pavimentação e instalação de maquinários. A data para a inauguração será mantida caso não aconteçam imprevistos. A ideia é que o funcionamento seja iniciado antes do Natal e Ano Novo, próximo à chegada do verão, que acontece no dia 21 de dezembro.

Desde o início das obras, o Alabarce vem gerando empregos em São Paulo. Quando a nova unidade estiver em funcionamento, Ronaldo acredita que serão mais de mil oportunidades indiretas. Para aqueles que vão atuar diretamente na loja, as contratações devem ser iniciadas em novembro. Ainda na segunda quinzena de outubro, deverão começar as negociações para a escolha das lojas, que funcionarão nos 18 espaços do boulevard do mercado.

Geração de empregos e atração para novos investimentos

Ronaldo Alabarce, um dos sócios do grupo diz que: “Para os lojistas é muito vantajoso estar nesse espaço, porque são aluguéis mais baratos do que em um ponto comercial de rua, não cobramos taxa de administração, temos segurança, são prédios bem instalados e já existe um ponto de referência que é o próprio Alabarce. Esse fluxo de pessoas passando pela loja diariamente dá uma tranquilidade para quem vai investir”, considera o sócio.

E os investimentos vieram também por parte da Prefeitura do município do estado de São Paulo. O grupo Alabarce agora faz parte do Programa Mogiano de Atração de Investimentos e Geração de Empregos (PROMAE). Com isso, a unidade estará isenta do pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) durante, pelo menos, dez anos.

Confira ainda esta notícia: Fabricante de materiais de construção anuncia investimentos de R$ 2,5 bilhões e construção de nova fábrica, no estado de São Paulo

A prefeitura de Botucatu e a Dexco (antigo Grupo Duratex), anunciaram em coletiva de imprensa, a construção de uma fábrica de alta tecnologia para a produção de revestimentos cerâmicos na cidade no interior de São Paulo. Com um investimento de R$ 600 milhões e capacidade de produção de 10 milhões de m² por ano, a companhia terá a primeira fábrica com tecnologia 4.0 desde sua inauguração.

Todas as linhas de produção da nova fábrica, em construção em São Paulo, iniciarão seus trabalhos já robotizadas, com auto diagnóstico de máquinas e prontuários para manutenção ¨via mobile¨. A unidade atenderá ás marcas Ceusa e Portinari, produzindo placas cerâmicas de grandes formatos, que podem ser utilizadas em bancadas e fachadas, substituindo chapas de mármore.

A construção desta nova fábrica em São Paulo, complementará a produção de revestimentos cerâmicos das quatro unidades da companhia localizadas no sul do Brasil, no estado de Santa Catariana, nas cidades de Urussanga e Criciúma. O prazo de construção é de aproximadamente dois anos. A Dexco estima a geração de 350 empregos diretos na região e planeja a entrega da primeira linha de produtos produzidos no local para 2023.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos
fwefwefwefwefwe