Nova fábrica da Votorantim Cimentos inicia operação no Complexo do Pecém, no Ceará. Empreendimento irá gerar novos empregos

Roberta Souza
por
-
19-07-2021 18:19:43
em Indústria e Construção Civil
Fábrica – Ceará – Complexo do Pecém Fábrica de cimento no Pecém/ Fonte: Diário do Nordeste

A nova fábrica da Votorantim Cimentos, localizada no Complexo do Pecém, no estado do Ceará, teve investimentos de R$ 200 milhões

A Votorantim Cimentos iniciou hoje (19/07), a operação da nova linha de produção da fábrica de cimento no Complexo do Pecém, no estado do Ceará. Com a ampliação, a unidade passa a ter uma capacidade de produção da ordem de 1 milhão de toneladas de cimento anualmente. O volume de produção da nova unidade irá reforçar o abastecimento do mercado da região metropolitana de Fortaleza. Veja ainda: Nova fábrica de produtos lácteos será construída no estado do Ceará. R$ 50 milhões serão investidos e novos empregos serão gerados

Especificações da nova fábrica no Complexo do Pecém, no Ceará

Na nota publicada hoje pela empresa, foi informado que investiram cerca de R$ 200 milhões no projeto, que teve duração de três anos, e priorizaram a eficiência energética e a automação industrial, com a instalação de equipamentos de última geração, seguindo a estratégia de sustentabilidade. Para a execução das obras e início da operação, geraram mais de 600 empregos na unidade, entre diretos e indiretos.

O governador do Ceará, Camilo Santana, diz que essa nova fábrica da Votorantim Cimentos no Pecém e a ampliação da capacidade de produção mostra toda a confiança da empresa no no Estado. O empreendimento ajudará a impulsionar a economia, gerando mais empregos e renda aos cearenses. Camilo ressalta que tem trabalhado dia e noite para atrair novos investimentos ao Ceará e, com isso, aumentar a geração de novos postos de trabalho para a população.

De acordo com Marcelo Castelli, presidente da empresa, o projeto da ampliação da fábrica no Complexo do Pecém os enche de orgulho e satisfação pela qualidade técnica e pela contribuição ao desenvolvimento social, econômico e ambiental do estado do Ceará. Marcelo diz que com o investimento que realizaram, fortaleceram a atuação e presença em um mercado estratégico e importante, que é o Ceará. Com a nova fábrica, mais moderna e eficiente, irão aumentar a capacidade de produção, distribuição e nível de atendimento aos clientes na região.

Produção da nova unidade

A nova linha de produção na fábrica no Pecém irá fabricar o Cimento Poty – Todas as Obras. Foram realizados diversos estudos para que o produto, além de oferecer a qualidade já conhecida no mercado do Ceará, tenha como vantagem adicional mais proteção contra maresia.

O diretor de Vendas e Marketing, Hugo Armelin, diz que “Vamos ofertar ao nosso cliente um produto com a mesma qualidade e performance já reconhecidas, mas com evoluções para atender diversos tipos de obra, da fundação ao acabamento. Estamos muito felizes em avançar em nossos processos para oferecer produtos que atendem as necessidades específicas do mercado cearense, além de apresentarem uma produção com menor impacto ambiental”.

Confira ainda: R$ 12 milhões serão investidos em nova fábrica de geradores de painéis de energia solar, no Complexo do Pecém, no Ceará

Após a assinatura de um memorando de entendimento com o Governo do Ceará, assinado na manhã de sexta-feira (25/06), a empresa catarinense Renovigi Energia Solar espera iniciar as operações de sua nova fábrica no estado até o final deste ano. Segundo Gustavo Martins, presidente da Renovigi, o investimento total é de R$ 150 milhões, valor que inclui a instalação da linha de montagem (R$ 12,5 milhões), além da aquisição da matéria-prima, capital de giro, equipamentos, investimentos na distribuição, dentre outros.

A Renovigi promete realizar investimentos de R$ 12 milhões na construção ou locação de dois galpões industriais – para abrigar a fábrica de montagem dos painéis de energia solar e outro para um Centro de Distribuição dos produtos. Os imóveis estão sendo locados pela Companhia de Desenvolvimento do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP S/A), que administra o chamado Complexo do Pecém, incluindo o porto marítimo e a ZPE.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos