Mirando mais contratos Petrobras, Ocyan quer construir e operar mais plataformas de petróleo com foco no pré-sal

Kelly
por
-
05-08-2020 15:24:15
em Petróleo, Óleo e Gás
plataformas de petróleo da ocyan que opera para a Petrobras no pré-sal Vista aérea de platforma do tipo FPSO em alto mar/ Imagem: Divulgação

Projetos no pré-sal despertam interesse da Ocyan e companhia que ampliar portfólio, sendo capaz de construir plataformas de até 150 mil barris de petróleo por dia para empresas como a Petrobras

A Ocyan se prepara para gerenciar novos negócios em campos de petróleo do pré-sal e está de olho em contratos que valem centenas de milhões de dólares para construir plataformas para clientes como a Petrobras para operar em águas profundas, uma vez que a estatal está mantendo o foco no offshore e realizando desinvestimento de ativos onshore.

Leia também

Segundo o CEO da Ocyan Roberto Bischoff, em entrevista por videoconferência, a fornecedora da indústria de petróleo offshore pretende se envolver em licitações Petrobras para produzir unidades com capacidade de processamento média de até 150.000 barris por dia.

Mesmo com a pandemia do coronavírus e quedas recorrentes nos preços do petróleo, Bischoff afirma que os campos de petróleo e gás do pré-sal operados pela Petrobras garantem maior segurança para projetos de longo prazo.

Outros projetos que estão na mira da Ocyan é oferecer trabalhos de manutenção para as embarcações e operar navios de outros clientes, como a Enauta.

Novo negócio da Ocyan caracteriza um retorno da empresa ao mercado

Em 2014, quando começou as revelações do escândalo de corrupção da Lava Jato, culminando na prisão do presidente da Odebrecht, a Petrobras bloqueou temporariamente a Ocyan (conhecida como Odebrecht Óleo e Gás até 2018), que ficou suspensa para firmar novos contratos.

Depois que as restrições foram descartadas, a companhia ganhou seu primeiro contrato com a Petrobras em 2019 para uma plataforma de perfuração para águas do pré-sal brasileiro.

Obras de construção de plataformas de petróleo para a Petrobras no Brasil

A grande maiorias das plataformas da Petrobras estão sendo construidas atualmente em estaleiros da China, Cingapura e outros países asiáticos. O Brasil passou quase toda a última década sem novos contratos para construir unidades em território nacional.

Porém, o anúncio da estatal para afretar 3 navios plataformas do tipo FPSO (Unidade flutuante de armazenamento e transferência) para o Campo de Búzios, no pré-sal da Bacia de Santos, deixou a construção naval nacional em alerta.

Segundo executivos da estatal em webinar com analistas, a retomada da construção de plataformas no Brasil é possível, mas o local das obras será decidido pelas companhias vencedoras dos contratos.

Tags:
Kelly
Engenheira de Petróleo especialista em Eficiência Energética e pós-graduada em Engenharia Civil; Possui experiência em atividades na indústria petrolífera onshore. Entre em contato para sugestões de pauta, postar vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.