Ministro visita plataforma de exploração de Pampo em Campos e Usina Termelétrica em Macaé para levar investimentos de petróleo e gás natural para o RJ

Flavia Marinho
por
-
03-09-2021 09:25:56
em Petróleo, Óleo e Gás
macaé - petróleo - empregos - campos - rio de janeiro - gás natural - promar - usina - termelétrica - gás - preço Bacia de Campos (RJ), 28/08/2021 : Bento Albuquerque, Ministro de Minas e Energia, visita plataforma de exploração de petróleo de Pampo. / I,agem MME

Revitalização de campo de petróleo maduro e construção de usina termelétrica a gás são fruto de novos investimentos no setor promovidos no âmbito do Promar e da Nova Lei do Gás

O último sábado (28/8) contou com a visita do Ministro de Minas e Energia Bento Albuquerque na plataforma de exploração de petróleo de Pampo e na Termelétrica Marlim Azul nas cidades de Campos dos Goytacazes e Macaé, no Rio de Janeiro. Os projetos do setor de petróleo e gás natural se inserem no âmbito do Programa de Revitalização e Incentivo à Produção de Campos Maduros (Promar) e da Nova Lei do Gás, promovidos pelo governo federal em parceria com estados, municípios e o Congresso Nacional.

Leia também

O ministro se reuniu com o prefeito Wladimir Garotinho, em Campos, que destacou a importância dos campos maduros para a Bacia de Campos. “O Promar é um sopro de esperança para toda a região, com a retomada de investimentos e da geração de empregos. Essa sobrevida aos campos e plataformas vai gerar riqueza para os nossos municípios”, disse o prefeito.

“Conheça os outros sites do CPG, clique nas áreas abaixo e receba de primeira mão:

vagas de emprego e assuntos nas áreas da Mineração; Construção Civil e InfraestruturaEnergia RenovávelConstrução Naval, Portos e Estaleiros

Bacia de Campos já foi a principal produtora de petróleo e gás natural no Brasil

A Bacia de Campos, com uma área de cerca de 100 mil km2, entre Vitória (ES) e Arraial do Cabo (RJ), já foi a principal produtora de petróleo e gás natural no Brasil, sendo responsável por 65% de todo o petróleo já produzido no País. Hoje, a maior parte dos seus campos são considerados maduros. “A Bacia de Campos tem um simbolismo muito importante para o Brasil. O petróleo e o gás natural são riquezas do País. O Promar é um programa de revitalização que vai atender diretamente essa região, gerando mais emprego e mais renda”, disse o ministro Bento Albuquerque.

O ministro conheceu a plataforma de Pampo, explorada pela empresa britânica Trident Energy. O ativo foi adquirido da Petrobras em 2020, em conjunto com outros nove campos adjacentes (polos Pampo e Enchova), que deverão receber investimentos para revitalização de ao menos US$ 1 bilhão, aumentando as reservas dos campos em 203 milhões de barris de petróleo.

“Com exploração iniciada na década de 1970 pela Petrobras, a revitalização de ativos como os pertencentes ao polo Pampo e Enchova servem de modelo para dezenas de outros campos maduros localizados em mar no Brasil”, explicou o secretário de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis do MME, José Mauro.

Usina Termelétrica Marlim Azul, em Macaé, utilizará gás natural extraído do pré-sal

Em Macaé, o ministro visitou a construção da Usina Termelétrica Marlim Azul, que utilizará gás natural extraído do pré-sal. Por meio de investimentos privados (Pátria Investimentos, Grupo Shell e Mitsubishi Hitachi Power Systems), a termelétrica irá complementar a geração de energia no País a partir de 2023. A construção do empreendimento deve gerar até 1500 empregos diretos e prevê menos emissões que as termelétricas tradicionais.

“A presença do Ministro em Macaé reforça o posicionamento estratégico da nossa cidade para o mercado de energia do Brasil. As previsões para investimentos a partir da revitalização dos campos maduros são positivas, especialmente na geração de negócios e de empregos”, destaca o prefeito Welberth Rezende.

“A região passou por um processo de depressão muito grande e o Promar é um alento, porque vai fazer com que a gente resgate a bacia como um todo. Já estamos colhendo os frutos. Agora, com mais recursos entrando, esse processo será acelerado, ocupando o espaço que a Petrobras não tem mais condições de operar”, afirmou o deputado federal, Christino Áureo.

Também participou das visitas o secretário de desenvolvimento econômico, energia e relações institucionais do Rio de Janeiro, Vinicius Farah.

Tags:
Flavia Marinho
Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.
fwefwefwefwefwe