Marinha decide afundar o navio Stellar Banner que encalhou no Maranhão com minério de ferro da Vale

Flavia Marinho
por
-
08-06-2020 10:49:22
em Petróleo, Óleo e Gás
Marinha decide afundar o navio encalhado no Maranhão com minério de ferro da Vale Marinha decide afundar o navio encalhado no Maranhão com minério de ferro da Vale

O ‘náufrago forçado’ do navio que transportava os minérios de ferro da Vale deve acontecer remotamente; Marinha garante que não haverá grande impacto ambiental.

A Marinha do Brasil confirmou no sábado, (06/06), que o Navio Mercante Stellar Banner, que encalhou na costa do Maranhão há três meses durante transporte de minério de ferro da Vale para a China, será afundado a cerca de 150 quilômetros da costa do Maranhão. Petrobras exportou 1,11 milhão de toneladas de óleo combustível e bate novo recorde no mês de maio.

Leia também

A Polaris Shipping, proprietária do navio decidiu afundar a unidade após relatórios de inspeções estruturais realizadas por representantes da sociedade classificadora do navio e o “náufrago forçado” deve acontecer com a embarcação sendo operada remotamente recebendo apoio de mergulhadores.

Segundo a Marinha, o navio já está sendo preparado para evitar danos ao meio ambiente. Estão sendo retirados resíduos oleosos, bem como objetos flutuantes ou de contaminantes a bordo.

“A Marinha do Brasil, por meio do Comando DN e da Capitania dos Portos do Maranhão, continuará fiscalizando as atividades juntamente com as autoridades ambientais do estado do Maranhão e outras autoridades ambientais”, informou a Marinha em nota neste domingo.

Além da Marinha, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema) estão acompanhando os trabalhos.

Na última quinta-feira (4) o Stellar Banner foi rebocado de onde ficou encalhado e passou a ficar em águas mais profundas, a cerca de 111 km de São Luís.

A investigação no Stellar Banner foi possível com a flutuação da embarcação, na semana passada, após a retirada, em abril, de cerca de 145 mil toneladas de minério de ferro que estavam sendo transportados pelo navio sul-coreano.

Na época, já haviam sido retirados também 3.900 metros cúbicos de óleo da embarcação.

Sites Parceiros

Publicidade




Tags:
Flavia Marinho
Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.