Início Em meio a pandemia e crise global, a JBS abre 3 mil vagas de emprego no Brasil

Em meio a pandemia e crise global, a JBS abre 3 mil vagas de emprego no Brasil

6 de junho de 2020 às 12:32
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Em meio a pandemia e crise global, a JBS abriu 3 mil vagas de emprego no Brasil
Em meio a pandemia e crise global, a JBS abriu 3 mil vagas de emprego no Brasil

A brasileira JBS continuou a contratar e gerou 3 mil vagas de emprego, mesmo com a crise global depois do início da pandemia de coronavírus

JBS, a maior processadora de carne no mundo, afirmou manter os investimentos na ordem de 8 bilhões de reais que havia anunciado para os próximos cinco anos e gerou 3 mil vagas de emprego em meio a crise global causada pelo novo coronavírus. Outra boa notícia, Petrobras exportou 1,11 milhão de toneladas de óleo combustível e bate novo recorde no mês de maio!

Leia também

“Não só assumimos o compromisso de não demitir, mas também já contratamos mais 3 mil pessoas (nos últimos meses)”, disse o presidente global da companhia, Gilberto Tomazoni, durante a série de entrevistas ao vivo Economia na Quarentena, do Estadão.

O Ministério Público do Trabalho (MPT) solicitou, na quarta-feira (03/06), o fechamento da unidade de Caxias do Sul, devido ao alto índice de contaminação de funcionários por covid-19

Trabalhe no Setor Eólico do Brasil

De acordo com Tomazoni, a JBS buscou desde o início da pandemia, especialistas de saúde para cuidar da saúde dos seus funcionários.

Segundo ele, a JBS adotou práticas de segurança adicionais.” Contratamos o Hospital Albert Einstein e o infectologista Adauto Castelo para nos ajudar a avaliar os nossos protocolos. Os nossos protocolos são muito parecidos com os de UTIs. Estamos adotando todas as medidas possíveis para atender nossos trabalhadores”.afirmou o executivo

Trabalhe no Setor Eólico do Brasil

JBS enfrentando a crise e gerando emprego

Para o executivo a demanda por produtos da JBS teve mudança de canal. Mudou do food service (fornecimento para restaurantes) para o varejo, que na soma, a demanda ficou menor. “Mas isso não muda os fundamentos do negócio. Até 2050, o mundo vai precisar de 70% a mais de proteína animal. Isso não vai mudar”, afirmou Tomazoni.

Tomazoni afima que a companhia terminou o ano com um dos melhores balanços da história. Atualmente a JBS conta com R$ 24 bilhões em caixa. Mesmo sem gerar caixa, a empresa não vai precisar de dinheiro novo para dívidas até 2025.

Segundo ele, a JBS não demintiu na crise e desde então, a empresa gerou 3 mil novas vagas de emprego. “Vamos manter os investimentos de R$ 8 bilhões no Brasil nos próximos cinco anos e mais R$ 5 bilhões pelos nossos parceiros”.

Como a JBS tem apoiado a luta contra o novo coronavírus

A JBS está integrada com as autoridades locais. Fizeram doação de R$ 400 milhões para combate ao coronavírus, sendo R$ 330 milhões para sistemas de saúde pública, R$ 50 milhões para ciência e pesquisa e R$ 20 milhões para ONGs. Para o mercado externo, foram mais R$ 300 milhões.

Relacionados
Mais recentes