Mais de 100 empregos serão abertos pela ArcelorMittal, com reativação de laminador em usina de Minas Gerais

Usina – Minas Gerais – empregos – ArcelorMittal Usina da ArcelorMittal/ Fonte: Sudamin

A usina de aço longos da ArcelorMittal, localizada na cidade de João Monlevade, região central de Minas Gerais, irá religar o laminador 3

A ArcelorMittal anunciou ontem, terça-feira (10/08) que o laminador 3 da unidade de João Monlevade, em Minas Gerais, entrará em operação a partir de janeiro de 2022. O início das atividades na usina é motivado pela demanda do mercado e pelas perspectivas de crescimento econômico. Ao todo, os recursos destinados para o laminador 3 somam R$ 580 milhões, considerando os investimentos para implantação do equipamento e os desembolsos para o seu acionamento. Veja ainda: Grande produtora de aço, a ArcelorMittal está com 41 vagas de emprego e estágio abertas para mecânico, operador, técnico e mais

Reativação do laminador na usina, em Minas Gerais

O equipamento possui capacidade de produzir 1 milhão de toneladas/ano de aço, no entanto, a produção se dará de forma gradual e alinhada à demanda do mercado. Os laminadores 1 e 2 da usina na unidade em João Monlevade, em Minas Gerais, prosseguirão no desenvolvimento de aços especiais da unidade que, atualmente, possui capacidade instalada de 1,2 milhão de toneladas de aço por ano. 

Para o funcionamento do laminador 3, construído em 2015, a ArcelorMittal aguardava as melhorias nas condições de mercado. O objetivo do laminador é garantir o pleno atendimento aos clientes. A forte demanda por aço, especialmente no avanço da construção civil, e os indicadores econômicos possibilitaram a operação do laminador.

Novos empregos que serão gerados pela ArcelorMittal com a operação

A estimativa é de cerca de 120 novas empregos com a entrada em operação do laminador da usina em João Monlevade, iniciativa que reforça a importância da unidade para os negócios da operação no Brasil.  Ao todo, os recursos destinados para o laminador somam R$ 580 milhões, considerando os investimentos para implantação do equipamento e os desembolsos para o seu acionamento. Desses R$ 580 milhões, mais de 90% do investimento foi desembolsado na implantação do equipamento em 2015. Os outros 10% são para o acionamento do equipamento. 

Confira ainda esta notícia: Para ampliar capacidade de produção, Gerdau irá investir US$ 500 milhões em usina, no estado de Minas Gerais

Gustavo Werneck, o presidente-executivo da Gerdau afirmou em teleconferência que a empresa irá ampliar a capacidade de laminação de bobinas a quente e de produção de perfis estruturais em sua usina em Ouro Branco, no estado de Minas Gerais, em investimentos que têm como referência um total de US$ 500 milhões. A capacidade do laminador de bobinas a quente (BQ) será de 250 mil toneladas por ano, enquanto a da máquina de perfis, produto que a Werneck afirmou que a Gerdau é o único produtor na América Latina, será de 500 mil toneladas por ano.

Além dos investimentos para a usina em Ouro Branco, a Gerdau anunciou também um plano de investimento de R$ 6 bilhões no estado de Minas Gerais nos próximos cinco anos, para modernização, atualização tecnológica e ampliação de suas operações locais. Com o aporte, a empresa reforça o compromisso com o desenvolvimento sustentável, econômico e social do estado e gerará mais de 6 mil empregos diretos e indiretos.

Dois importantes investimentos na ampliação da produção de aço ocorrerão em Ouro Branco, em Minas Gerais, onde a empresa possui sua principal usina produtora. A unidade terá a capacidade anual de produção de bobinas a quente ampliada em 250 mil toneladas/ano, com o início da produção previsto para início de 2024. Além disso, a Gerdau está ampliando a produção de perfis estruturais em 500 mil toneladas/ano, dobrando a atual capacidade, e com início da produção projetado para 2025. Com isso, a Gerdau visa seguir atendendo ao crescente consumo dos setores consumidores destes produtos no Brasil e na América Latina.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos
fwefwefwefwefwe