Início Maior empresa de soluções em energia solar brasileira fecha acordo histórico com Jinko Solar para trazer painéis solares revolucionários ao Brasil, se tornando o único fornecedor da América Latina

Maior empresa de soluções em energia solar brasileira fecha acordo histórico com Jinko Solar para trazer painéis solares revolucionários ao Brasil, se tornando o único fornecedor da América Latina

14 de maio de 2022 às 11:00
Compartilhe
Siga-nos no Google News
energia solar painéis solares sistema fotovoltaico
O Brasil vai ter novos painéis solares com ultra eficiência para venda em território Nacional | Fonte: Canva Pro




Aldo Solar fecha negócio gigantesco com a Jinko Solar durante o evento Intersolar Europa e vai inovar no mercado latinoamericano de energia solar

Dos feitos das empresas brasileiras, temos mais um para nos orgulhar. A Aldo Solar, uma empresa brasileira de energia solar, conseguiu negociar com a grande distribuidora mundial de painéis solares, a Jinko Solar, durante um evento internacional, o Intersolar Europa. Essa negociação promete trazer painéis solares com sistema fotovoltaico de ultra eficiência N-Type para a América Latina, um acordo correspondente a 600 MW.

Um dos eventos mais importantes de inovações para energia solar no mundo, a Intersolar Europa, que acontece em Munique, na Alemanha trouxe frutos muito positivos para o Brasil. Isso porque uma das maiores empresas de produção e distribuição de painéis solares inovadores no mundo, a Jinko Solar, fechou um negócio gigantesco com a Aldo Solar, a maior empresa de soluções em energia solar no Brasil. Esse acordo histórico, faz com que a Aldo Solar seja a primeira empresa da América Latina, a trazer painéis ultra eficientes Tipo N TopCon da família Tiger Neo da Jinko Solar.

Artigos recomendados

Brasil teve recorde de capacidade instalada para geração de energia solar nos últimos anos, sendo um mercado em potencial para receber os novos painéis solares da Jinko Solar a partir de julho de 2022

Foram 13 gigawatts (GW) de potência, se aproximando da capacidade de geração de energia elétrica pela Itaipu | Fonte: CNN Brasil

Com o acordo firmando entre a Aldo Solar e a Jinko Solar, esse recorde vai ser ainda maior, pois os painéis solares N-Type Tiger Pro prometem a distribuição de 600 MV de potência. Além disso, o contrato histórico assegura a continuidade de comercialização do sistema fotovoltaico que vai revolucionar o mercado de energia no Brasil e América Latina, afinal, a Aldo Solar se tornou o único distribuidor dessa tecnologia no território. A previsão é de que esses painéis solares seja comercializados a partir de julho de 2022.

O mercado de energia solar está atingindo patamares nunca antes vistos, com inovações que prometem maior capacidade do sistema fotovoltaico

Nos últimos anos, o mercado de energia solar crescer vertiginosamente, com cada vez mais inovações com o objetivo de aumentar a capacidade do sistema fotovoltaico. As mudanças climáticas e a finitude de geração de energia por combustíveis fósseis (termelétricas), água (hidrelétrica) e material radioativo (nuclear), levou a busca por energias renováveis além.

Existe também uma pressão social para que empresas busquem energias renováveis, o que estimula o mercado. Como a Aldo Solar é a maior empresa em soluções inovadoras para energia solar do Brasil, cumpre um papel de responsabilidade social ainda maior, o de influenciar a cadeia produtiva e estimular mudanças no cenário nacional quanto à geração de energia.

Dessa forma, o Brasil não fica atrás de países internacionais quanto à geração de energia, pois a Aldo Solar vai trazer o que há de mais novo no mercado. Sendo assim, esse acordo histórico só tem benefícios e vai otimizar a produção de energia solar, melhorando o custo-benefício dos painéis solares.

painéis solares energia solar sistema fotovoltaico
Kangping Chen (CEO da Jinko Solar) e Aldo Pereira Teixeira (CEO da Aldo Solar) fecham acordo histórico em Munique, na Alemanha. Fonte: Aldo Solar

Painéis solares Tiger Neo da Jinko Solar prometem de 5 a 6% a mais de eficiência que o sistema fotovoltaico convencional e maior durabilidade, além de outras vantagens

Os painéis solares que a Aldo Solar está trazendo para o Brasil, prometem uma eficiência 5 a 6% maior que o sistema fotovoltaico vigente. Além disso, as células do tipo N que compõe esses painéis são inovadoras porque permitem uma modulação na geração de energia conforme a intensidade da luz solar. Ou seja, quanto mais sol, maior a geração de energia. Dessa forma, o retorno do investimento é mais rápido e o custo de eletricidade é mais baixo.

Todavia, esses painéis também têm maior durabilidade, driblando a degradação de células pela luz e temperaturas elevadas, o que tem sido um grande desafio no mercado de energia solar. Nesse sentido, as células do tipo N são menos suscetíveis a essas intempéries e, portanto, aumentam a vida útil dos áinéis solares.

Outras vantagens do módulo Tiger Neo incluem a menor degradação, redução do coeficiente de temperatura, maior bifacialidade, aproximadamente 87% de geração mesmo após 30 anos de instalação, eficiência logística e redução da perda de resistência interna. Essa é uma grande vitória para o Brasil e vai colocá-lo em uma posição ainda mais importante mundialmente, como um dos que mais produzem energia solar.


Relacionados
Mais recentes