Energia solar: várias funcionalidades do alumínio potencializam este segmento promissor

Roberta Souza
por
-
10-05-2022 22:24:42
em Energia Solar
energia, energia solar, alumínio Foto de Pixabay / Fonte: Pexels




Mecanismos como o uso do alumínio para a geração de energia solar contribuem para a redução dos impactos ambientais

O setor de energia solar vem ganhando exponencialmente novos apreciadores, já que a energia solar é uma fonte limpa e renovável. Por ser uma fonte rentável e sustentável, algumas indústrias do setor energético, como o setor da metalurgia, vem apoiando grandemente o desenvolvimento do setor de energia solar, pois, agora, o ramo da energia solar conta com os diversos usos do alumínio, tornando possível o oferecimento de vantagens estratégicas nesse setor.
Conforme a publicação de 8 de maio do Portal Energia, hoje em dia, o Brasil ocupa o 4º lugar entre os países mais desenvolvidos até 2021 em eletricidade fotovoltaica, com novos 5,7 GW (Gigawatt) no ano passado, 2021, segundo dados da ABSOLAR (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica), tendo como base os dados da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) e dados da IRENA (Agência Internacional de Energia Renovável).

De acordo com a ABSOLAR, atualmente o Brasil apresenta 15 GW de energia solar, cerca de R$ 78,5 bilhões de investimentos e mais de 450 mil empregos criados desde 2012. Esses números auxiliaram a impedir a emissão de cerca de 20,8 milhões de toneladas de CO2 na geração de eletricidade.

Artigos recomendados

Funcionalidades do alumínio na geração de energia solar

O segmento de energia solar inclui dois tipos principais: a central, composta por grandes centrais e/ou parques solares, e a distribuída, referente a sistemas residenciais e também de pequenas e médias empresas, com painéis solares nas suas coberturas. Nestas instaurações, o alumínio está presente na construção de perfis utilizados em painéis de energia solar, na forma de esquadrias ou perfis tubulares.

Vale ressaltar que, com o desenvolvimento de projetos recentes voltados para o setor de energia solar, é necessário que haja uma constante modernização e renovação nas linhas de distribuição e transmissão de eletricidade. Para auxiliar esse sistema funcionar, essas linhas de distribuição e transmissão, em sua maioria, são feitas de cabos de alumínio, representando uma grande quantidade de consumo do alumínio.
Além disso, como bem se sabe, os metais como o alumínio trazem grandes vantagens aos serem usados, como uma boa resistência mecânica, adaptabilidade térmica, leveza e bom custo benefício. Tais vantagens são essenciais nos sistemas de energia solar. Não obstante, o alumínio também mostra um ótimo efeito decorativo nos perfis e ainda conta com uma excelente condutividade de eletricidade (no caso de redes de transmissão e distribuição).

Consequências sustentáveis no uso das aplicações do alumínio no setor

Investir em fontes renováveis, como a energia solar, é uma tendência crescente para programas ecologicamente corretos, sustentáveis e de proteção ao meio ambiente. Além da luz do sol utilizada na energia solar, existem outras fontes naturais prontamente disponíveis, como a éolica, que utiliza o vento.
Nesse caso, o alumínio se soma a essas alternativas, sobretudo quando produzido em âmbito nacional, obtido por grande quantidade de energia limpa, por meio da utilização de usinas hidrelétricas. Também, o alumínio possui um alto grau de reciclagem, o que beneficia as características sustentáveis ​​das indústrias.

A grande questão é que o setor solar tem garantido uma posição promissora no Brasil, assim como o segmento do alumínio, que tem atraído investimentos. O país tem investido no uso profundo de tecnologias solares e tem acesso a, praticamente, todas as fontes renováveis.
Desta forma, é necessário continuar o investimento na implementação do serviço da utilização do alumínio na produção de eletricidade fotovoltaica, de forma a garantir benefícios sustentáveis ​​e reduzir o consumo de energia. E, também, vê-se que o alumínio pode ser um ótimo componente para o setor da fonte solar, visto que o mesmo possui um valor acessível em relação a outros metais e também pode ser reciclado, o que pode acarretar em uma maior economia e forte crescimento em ambas setores.

Sites Parceiros

Publicidade




Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos