Pesquisadores usam luz solar em processo inovador para produzir água potável, limpa e muito barata

Fábio Lucas
por
-
21-04-2021 19:41:23
em Energia Renovável
solar / água potável

Pesquisadores australianos desenvolvem método para produzir água potável e limpa, por meio da luz solar

O mundo ainda sofre com falta de água e/ou escassez de água. A WWF (World Wildlife) mostra que cerca de 1,1 bilhão de pessoas no mundo não têm acesso à água, mais um total de 2,7 milhões de pessoas são acometidas com a escassez de água durante determinados períodos do ano. Pensado nisso, o processo de dessalinização é apontado como uma solução para o problema. Contudo, ela ainda é bastante cara. Para solucionar o problema, pesquisadores estão trabalhando em uma forma de produzir água potável e limpa através da luz solar.


Os pesquisadores da Future Industries Institute estão em um processo de desenvolvimento de uma forma de levar água potável, limpa e barata para milhões de pessoas ao redor do planeta. Países em desenvolvimento deverão ser os mais beneficiados. Pesquisadores, liderados por Haolan Xu, estão desenvolvendo uma forma de produzir água potável por meio de três tipos de água: água do mar, salobra ou água contaminada.

Como funciona o projeto

O processo é capaz de fornecer água potável para uma família de até quatro pessoas, com apenas 1 metro quadrado de água. “Nos últimos anos, deu-se muita atenção ao uso da evaporação solar para criar água potável, mas as técnicas anteriores eram muito ineficientes para serem úteis na prática“. Xu destacou, deixando claro que essa tecnologia antiga foi superada, e que agora poderão fornecer água potável por uma fração do valor do antigo método.

Como funciona essa nova tecnologia de luz solar

A nova tecnologia, como é chamada, consiste em uma estrutura foto-térmica que é altamente eficiente. A estrutura fica acima de uma fonte de água, convertendo a luz solar em calor, para que assim fique concentrando na parte de cima da água e evaporando o líquido.

Pixabay

Desenvolvemos uma técnica que não apenas evita qualquer perda de energia solar, mas também extrai energia adicional da água, o que significa que o sistema opera com 100 por cento de eficiência na entrada de luz solar e consome outros 170 por cento energia da água e do meio ambiente”.

O projeto de uso da luz solar para a geração de água potável ganha mais destaque por ser feito de produtos simples e de baixo custo. Sendo assim, pessoas de todo o mundo poderão usar a técnica e gerar água potável.

Tags:
Fábio Lucas
Jornalista brasileiro, amo esportes, notícias e política. Já contribui em diversos outros portais relacionados a esportes, economia e informações regionais.
fwefwefwefwefwe