Leilão prevê investimentos de R$420 milhões em portos

Leilão portos

Leilão feito pelo governo para a iniciativa privada prevê mais de 400 milhões de reais em investimento na modernização dos terminais das três áreas dos portos de Santos e Paranaguá

O governo federal atraiu interessados para os 3 terminais portuários oferecidos em leilão realizado nesta terça-feira, 13 de agosto, na B3, em São Paulo. Os lances vencedores somaram R$ 148,5 milhões em valor de outorga. O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, também presente no leilão, se mostrou otimista o projeto BR do Mar com a expansão ferroviária.

A primeira área leiloada fica no Porto de Santos, o maior do hemisfério Sul. São três armazéns ligados por esteiras para movimentação de sal e fertilizantes.O direito a exploração de sal e fertilizantes são por 25 anos e foi arrematado por R$ 112 milhões.

A segunda área do Porto de Santos, foi leiloada por R$ 35 milhões e é destinada principalmente a produtos químicos (etanol e derivados de petróleo).

A terceira área fica no Porto de Paranaguá – Paraná, e é destinada à movimentação de carga geral, especialmente papel e celulose. O lance único de R$ 1 milhão levou a concessão.

Ao todo foram arrecadados quase R$ 150 milhões e as empresas deverão investir cerca de R$ 420 milhões na modernização dos terminais portuários durante os 25 anos de arrendamento. Desse total, R$ 37,125 milhões serão pagos à vista, na assinatura do contrato, que deve ocorrer em até 120 dias. O restante será pago em 5 parcelas anuais, segundo o Ministério da Infraestrutura.

Os 3 terminais fazem parte do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) do governo federal. Pelas regras, arremataram as áreas as empresas e/ou consórcios que ofereceram o maior valor de outorga.

Este é o 3º leilão realizado no setor portuário no ano. Em abril, o governo federal arrecadou R$ 447,9 milhões com a outorga de 6 terminais portuários no Pará. Em março, foram levantados R$ 219,5 milhões com o arrendamento de 4 áreas portuárias na Paraíba e 1 no Espírito Santo.

Com o leilão desta terça, já foram entregues pelo PPI 27 projetos em quatro setores: portos (13), aeroportos (12), ferrovias (1) e energia (1).

A carteira atual de projetos inclui cerca de 100 empreendimentos na áreas de transportes, energia. óleo e gás, mineração, incluindo a privatização de estatais como Eletrobras e Casa da Moeda, com previsão de R$ 180,22 bilhões em investimentos até 2022.

Veja abaixo os vencedores do leilão

Terminal STS20 – Porto de Santos

Vencedor: Consórcio Hidrovias do Brasil Holding Norte
Lance: R$ 112,5 milhões
Prazo de concessão: 25 anos
Previsão de investimentos: R$ 219,3 milhões

Terminal STS13A – Porto de Santos

Vencedor: ABA Infraestrutura e Logística S.A
Lance: R$ 35 milhões
Prazo de concessão: 25 anos
Previsão de investimentos: R$ 110,7 milhões

Terminal PAR01 – Porto de Paranaguá

Vencedor: Klabin S.A
Lance: R$ 1 milhão
Prazo de concessão: 25 anos
Previsão de investimentos: R$ 87 milhões
Programa de concessões e privatizações

Petrobras avalia participar do leilão de energia A-6 com usinas termoelétricas

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Click Petróleo e Gás.

Avatar

Sobre Flavia Marinho

Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e experiente na indústria de construção naval. OBS: Não contratamos, então não envie currículos! Informações sobre empregabilidade apenas no site.