Home > Sem categoria

Justiça reintegra trabalhador demitido pela Petrobras por pegar cápsula de café

Paulo Nogueira
por
-
05-12-2019 14:53:43
em Sem categoria
Justiça reintegra trabalhador demitido pela Petrobras por pegar cápsula de café

Um funcionário foi demitido por justa causa pela Petrobras Transportes S.A. (Transpetro) sob acusação de ter furtado cápsulas de café.

A Justiça do Trabalho considerou ilegal a demissão por justa causa, e a Petrobras vai ter de recontratar o funcionário, além de pagar R$ 200 mil a ele. Segundo informações do sindicato, o Engenheiro tinha mais de dez anos de empresa,  uma carreira bem sucedida e reconhecida competência e ética. Usina no interior do Rio anuncia muitas vagas de emprego; inscrições até essa sexta 06 de dezembro.

De acordo com a acusação, ele teria furtado as cápsulas de café expresso durante um treinamento da empresa. Entre os dias 16 e 19 de abril de 2018, ele participou de evento corporativo realizado na sede de uma cliente da Transpetro.

Segundo o relato do petroleiro, no intervalo do workshop, ele tomou um café expresso. Como gostou do sabor, guardou “duas ou três” para consumir depois em máquinas que estavam espalhadas pela sede do evento. O número exato de cápsulas que ele pegou não foi informado.

O ocorrido causou um imenso dano emocional e financeiro ao funcionário, relatam as pessoas próximas a ele, além do prejuízo imposto à Petrobras, derrotada no processo.

Petrobras planeja instalar fábrica de lubrificantes no Comperj

Ótimas notícias para Itaborái! Roberto Castello Branco, presidente da Petrobras afirmou nesta manhã de quarta-feira, 4 de dezembro, ter interesse em implantar no Comperj uma unidade de lubrificantes para operar a partir de uma conexão com a Reduc, refinaria em Duque de Caxias.

Castello Branco: ” Temos dois planos. Anunciamos parceria com a Equinor para construção de plantas termelétricas na área do Comperj. Outro plano é a utilização de equipamentos do Comperj para produzir lubrificantes de última geração pela Reduc, RJ.” Clique aqui para continuar lendo. 

Tags:
Paulo Nogueira
Com formação técnica, atuei no mercado de óleo e gás offshore por alguns anos. Hoje, eu e minha equipe nos dedicamos a levar informações do setor de energia brasileiro e do mundo, sempre com fontes de credibilidade e atualizadas.