Início Horwin investe R$ 100 milhões para inaugurar sua primeira fábrica de motos elétricas em Manaus

Horwin investe R$ 100 milhões para inaugurar sua primeira fábrica de motos elétricas em Manaus

8 de abril de 2022 às 13:36
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Horwin - Manaus - motos elétricas - investimento
Horwin CR6e (Foto: Divulgação)

Com o alto investimento na linha de montagem em Manaus, motos elétricas ganharão também baterias inovadoras, com sistema sendo desenvolvido no Brasil pela CBMM.      

A Horwin, uma fabricante de motos elétricas da China que opera desde 2021 no Brasil, anunciou na Quinta-feira (7) que está fazendo um grande investimento para em breve inaugurar a sua nova linha de montagem em Manaus, no Amazonas. Com um investimento inicial de R$ 100 milhões, agora será possível criar uma linha de montagem exclusiva, em regime de CKD no Brasil, fazendo com que a empresa tenha permissão de ampliar todas as suas vendas e divulgações no país. Além do grande investimento, há também a tecnologia da bateria de íon de lítio com nióbio na composição, que está sendo desenvolvido pela CBMM e pela Toshiba, numa parceria firmada com a Horwin, fará com que a empresa consiga emplacar mais de 100.000 motos elétricas no Brasil, em meados de 2024.

Horwin CR6 será a estrela da linha de montagem em Manaus

Está chegando no BRASIL uma moto elétrica que carrega em 10 minutos com bateria que usa NIÓBIO. – Reprodução/Youtube

De acordo com dados revelados sobre o cronograma da Horwin, o protótipo com bateria que possui nióbio em sua composição, que está já sendo desenvolvido no país, será finalmente apresentado ainda no primeiro semestre de 2022.

Uma das unidades do Horwin CR6, que é equipada com um motor de 6.200W de potência e podendo atingir até 150 km de pura autonomia, será a primeira moto elétrica a receber a nova bateria de nióbio ainda nesta fase inicial de desenvolvimento.

Trabalhe no Setor Eólico do Brasil

As principais vantagens anunciadas sobre essa bateria de íon de lítio que possui nióbio em sua composição, estão relacionadas a capacidade de recarga, considerada ultrarrápida, que ocorrem em menos de 10 minutos em um carregador que seja compatível, sem degradação do acumulador. Além disso, uma célula desse tipo entrega muito mais segurança e maior durabilidade em relação às baterias tradicionais.

Valores das motos elétricas da Horwin com baterias de nióbio

De acordo com a CEO da Horwin no Brasil, Priscila Favero, o custo das motos elétricas deverá se manter no mesmo patamar de preços atuais, mesmo sendo feita a adoção das baterias com nióbio.

Assim, deste modo, a estimativa é de que as motos elétricas custem cerca de R$ 43.000. Mas isso só é de fato possível devido a nacionalização da montagem das motos elétricas, dentre outras reduções de custo inerentes à questão do processo de produção.

Conheça a Horwin

A fabricante chinesa Horwin é uma marca que atua fortemente no mercado internacional. Mesmo que não atue tanto no mercado de sua própria terra natal, a Horwin já vendeu mais de 800.000 motos elétricas e scooters elétricos no mundo inteiro.

O centro de pesquisa e desenvolvimento dessa grande fabricante de motos elétricas fica na Áustria. Grande parte dos colaboradores da equipe Horwin são de fato entusiastas de motos, especialistas industriais ou até mesmo pilotos profissionais da Alemanha, da Áustria e da China. As motos e scooters da Horwin, segundo o próprio site da fabricante, são consideradas o “estado da arte”, quando se trata do quesito mobilidade.

Ao longo de muitos anos de pesquisa e desenvolvimento, assim como de cooperação com grandes jogadores ao redor do mundo, uma moto elétrica foi criada. A fabricante e seus colaboradores se dizem muito orgulhosos de se juntarmos ao que chamaram de “grande veículo elétrico inteligente industrial”, e buscando sempre mudar a forma de locomoção das pessoas no mundo todo, tornando cada viagem dessas pessoas em uma forma diferenciada: estimulando a mobilidade verde.

Relacionados
Mais recentes