Governo do Rio de Janeiro anuncia R$ 80 milhões para novos investimentos em projetos de energia solar no Estado

Valdemar Medeiros
por
-
09-05-2022 12:40:12
em Energia Renovável, Energia Solar
Energia solar - Rio de Janeiro - Governo - investimentos Serão beneficiados produtores rurais, escolas, hospitais, casas populares e até condomínios industriais – imagem: Pixabay/Work Energy Renewable




O Governo do Rio de Janeiro anunciou que pretende investir R$ 80 milhões no setor de energia solar do Estado para que sejam gerados empregos, rendas e mais sustentabilidade.

O governo do Rio de Janeiro anunciou nesta sexta-feira (07) que aplicará R$ 80 milhões em investimentos de projetos de energia solar. Os investimentos tem como objetivo inserir o RJ na rota de geração de energia renovável, além de gerar novas vagas de emprego, atrair empresas e desenvolver mais oportunidades de negócios. Os recursos ficarão em um fundo estruturado pela Agência Estadual de Fomento (AgeRio). A decisão foi tomada em reunião da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Relações Internacionais e Energia com representantes das concessionárias Light, Energisa, Enel, Codin e AgeRio, além de empresários do setor e representantes da Associação Brasileira de Energia Solar (Absolar). 

Governo do Rio de Janeiro se pronuncia sobre novos investimentos de energia solar no Estado

Para o governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, o Estado tem potencial para se tornar uma referência em energia limpa e renovável como a energia solar. Incentivar a geração de energia a partir desta fonte faz parte do compromisso do governo com o desenvolvimento sustentável do estado, que pode se tornar uma referência na transição energética do Brasil para uma matriz mais diversificada e renovável.

Artigos recomendados

Além dos diversos benefícios ao meio ambiente, a energia solar, por ser de baixo custo, gera uma maior economia ao consumidor final. Além disso, atua na geração de emprego e renda do povo fluminense.

De acordo com o presidente executivo da Absolar, Rodrigo Sauaia, os investimentos do governo do Rio de Janeiro também preveem uma maior inserção da fonte na região, com o objetivo de diversificar a matriz elétrica do Estado e também assegurar o abastecimento de energia para a população da região.

Energia solar atraiu R$ 1,9 bilhão de investimentos para o Rio de Janeiro

De acordo com Sauaia, na prática, o objetivo é intensificar e aprimorar o desenvolvimento de projetos e programas públicos para o avanço da energia solar no estado. Sendo assim, o acordo social com o governo do Rio de Janeiro expande a colaboração em prol do desenvolvimento ambiental, social e econômico.

Segundo o presidente, desde 2012, a geração própria de energia solar já gerou ao estado a atração de cerca de R$ 1,9 bilhão em investimentos e ainda gerou mais de 10 mil vagas de emprego, arrecadando mais de R$ 451 milhões aos cofres públicos.

Mercado de energia solar no Rio de Janeiro

O uso da energia solar no Rio de Janeiro tem ganhado destaque devido ao alto índice de irradiação solar, favorecendo a geração deste tipo de energia renovável. A queda no preço dos sistemas de energia solar fotovoltaicos nos últimos anos fez com que a sua compra ficasse cada vez mais acessível do ponto de vista financeiro.

Além disso, os incentivos do governo para o uso de energia no Estado carioca têm sido mais explorados, assim como há a opção de fazer financiamentos para a compra e instalação de sistemas de energia solar. De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e a Absolar, o estado está em 7º lugar no ranking dos estados em energia solar. Sua potência instalada atual é de 324.221,93 kW, correspondendo a 4,17% da matriz energética brasileira.

O Rio de Janeiro já é o 4º Estado do Brasil em quantidade de sistemas solares instalados. Ao total são mais de 33 mil casas utilizando a fonte no estado, 624 propriedades rurais, 2.592 comércios, 148 indústrias, 80 sistemas instalados, entre outros.

Sites Parceiros

Publicidade




Tags:
Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.