Portuguesa GALP adquire projetos de energia renovável para desenvolvimento no Brasil, expandindo sua atuação no segmento eólico do país

GALP - energia eólica - energia renovável - Casa Dos Ventos - Plantas de energia eólica em Vila do Bispo 01/03/2006REUTERS/José Manuel Ribeiro




A portuguesa Galp fechou dois acordos com as empresas Casa dos Ventos e SER Energia dos Ventos para a compra de 4,8 GW em projetos de geração de energia eólica no Brasil.

A portuguesa GALP anunciou nesta terça-feira (3) dois acordos com as empresas de energia renovável SER Energia dos Ventos e Casa dos Ventos para a compra de 4,8 GW em projetos de energia eólica no país. A carteira de ativos, que ainda está se desenvolvendo, tornará possível que a empresa mais do que dobre seu portfólio de energia renovável. O negócio entre as empresas também marca a ampliação da empresa rumo ao mercado de energia eólica no Brasil. Até então, a petrolífera portuguesa contava apenas com projetos de energia solar no Brasil.

Aquisição da GALP em energia renovável visa fomentar ainda mais a transição energética no Brasil

O acordo com a SER Energia abrange a compra de projetos de desenvolvimento de energia solar fotovoltaica, com uma capacidade total instalada de 4,6 GW pico. Já o contrato com a Casa dos Ventos inclui um cluster de 216 MW de parques de energia eólica em construção no Nordeste.

Artigos recomendados

De acordo com o COO de energia renovável e novos negócios da empresa, Georgios Papadimitriou as transações, que não tiveram seus valores divulgados, representam um novo motor de expansão para a Galp, que atualmente é a terceira maior produtora de petróleo e gás do país.

Em outubro do último ano, a empresa entrou no mercado nacional de geração de energia eólica, através de um acordo com a SER Energia também para a compra de 594 MW em projetos solares em construção no Rio Grande do Norte e na Bahia. Agora a companhia está ampliando sua atuação no segmento, incorporando projetos de energia eólica e novos projetos de energia solar.

Galp também é um dos principais produtores de energia solar na Península Ibérica

De acordo com nota de Georgios Papadimitriou, o Brasil dinamizou a expansão da empresa nos últimos 12 anos, através de projetos no pré-sal, entretanto os novos contratos do setor de energia renovável permitem que a empresa adicione um novo motor de expansão.

A petrolífera já é uma das maiores geradoras de energia solar da Península Ibérica, com uma capacidade instalada de 1,2 GW em operação. Com o novo portfólio de projetos adquirido em território brasileiro, a carteira de energias renováveis da empresa agora totaliza 9,6 GW em diversas fases de desenvolvimento no Brasil, Portugal e Espanha. A empresa tem como objetivo, expandir sua capacidade de produção de energias renováveis para 4 GW até 2025 e 12GW até a próxima década.

Sobre a empresa

A Galp é uma empresa de energia que explora, produz e desenvolve petróleo e gás natural em quatro continentes. Ao todo, a empresa é composta por 11 geografias, 50 nacionalidades e 7 mil experiências.

A companhia se abre ao mundo, ganha novas perspectivas e antecipa um futuro mais sustentável, sendo assim, é por isso que a empresa defende a diversidade e promove oportunidades em diversas áreas de negócio. Em um mundo acelerado em busca de novas fontes de energia, o Brasil é uma peça chave na resposta às necessidades energéticas do mundo.

A Gap está presente no país por meio de sua subsidiária Petrogal Brasil, pioneira no avanço do pré-sal por meio do Campo Tupi. Atualmente a empresa participa de mais de 25 projetos no país, sendo uma das empresas de Oil & Gas que mais investe na transição energética para fontes renováveis. A Petrogal Brasil tem também a Sinopec como sua acionista um dos maiores grupos de energia do mundo.

Sites Parceiros

Publicidade




Tags:
Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.