Início Google inaugura o primeiro telhado com 90 mil painéis solares em formato de “escama de dragão”

Google inaugura o primeiro telhado com 90 mil painéis solares em formato de “escama de dragão”

7 de junho de 2022 às 13:18
Compartilhe
Siga-nos no Google News
escama de dragão - painéis solares - energia solar - painel solar- Google
Campus do Google opera com 90% de energia renovável. Imagem: Google/Divulgação

O Google inaugurou recentemente um novo campus nos EUA que utiliza energia solar e outras fontes sustentáveis para a geração de eletricidade. O diferencial da planta é que os seus 90 mil painéis solares instalados foram fabricados no formato de ‘escamas de dragão’.

O Google inaugurou no último mês de maio, na Califórnia, seu novo campus, que recebeu o nome de Bay View, sendo o mais novo projeto da empresa rumo à sua meta de descarbonizar totalmente o seu consumo de energia até o começo da próxima década. O telhado é coberto por painéis solares que formam escamas de dragão e ao todo, foram utilizadas mais de 90 mil placas de energia solar fotovoltaicas produzidas especialmente para o projeto e que se parecem mais com telhas solares do que com os tradicionais painéis retangulares instalados em empresas e residências.

Campus do Google equilibra beleza com sustentabilidade

O primeiro campus construído pelo Google | Bay View e Charleston East

De acordo com um dos responsáveis pelo projeto do Google, Asim Tahir, o objetivo era equilibrar a geração de energia solar com a estética, o que só aconteceu por conta da colaboração com parceiros e vários fabricantes para o desenvolvimento de novos equipamentos e painéis solares.

Artigos recomendados

O resultado foi um telhado de energia solar com um design inovador, tornando possível que os painéis solares possam captar a luz solar por diversos ângulos, expandindo assim o seu rendimento energético durante mais tempo ao longo do dia. 

O telhado solar do Google com quase 7 MW de potência instalada e tem capacidade de suprir até 40% do consumo energético do Bay View, que também terá parte de sua alimentação atendida por usinas eólicas que serão instaladas próximas ao campus. Desse modo, cerca de 90% da energia elétrica que será consumida pela nova sede do Google poderá ser atendida por estas fontes de energia limpas, de acordo com comunicado da empresa.

Além de energia solar, Campus do Google conta com outros sistemas sustentáveis

A companhia gigante das buscas é apenas uma das grandes empresas mundiais que estão investindo em energia solar como uma das práticas de sustentabilidade empresarial alinhadas aos princípios Ambientais Sociais e de Governança (Environmental, Social And Governance/ ESG).

Outros grandes exemplos de empresas que também estão focando em energia solar são a Apple, Amazon, Facebook, Magazine Luiza, Mercado Livre e Renner.

Além da geração de energia renovável com painéis solares, o campus Bay View conta com várias outras inovações voltadas para sustentabilidade, como um sistema de coleta de água da chuva e arquitetura bioclimática para aproveitamento da ventilação e iluminação natural, práticas que podem até mesmo gerar um desconto no IPTU de consumidores brasileiros que moram em cidades com programa de IPTU verde.

Google passa a adotar práticas mais sustentáveis

Há alguns anos, o Google adotou algumas práticas de sustentabilidade, uma delas é o programa de mobilidade para seus colaboradores. Outro inclui ir ao trabalho caminhando, de bicicleta ou até mesmo de carona. Foi constatado que estes esforços podem gerar uma redução de 10 mil toneladas de CO2 emitidos por ano.

Os escritórios do Google são desenvolvidos para possuírem diversas estratégias com relação à economia de água e energia. Aquecedores e ar condicionados são projetados para consumir a menor quantidade de eletricidade possível. Além disso, esses locais são criados a partir de materiais livres de toxinas. Durante o processo de venda é exigida transparência completa sobre os materiais utilizados.

A empresa trabalha próximo à pesquisas governamentais e institucionais sobre substâncias proibidas em materiais de construção. O Google está sempre experimentando novas tecnologias em suas instalações. A instalação de um dos maiores painéis solares corporativos em Mountain View é um exemplo disso.

A companhia também adquiriu energia renovável vindas da energia solar e eólica com preços competitivos, contribuindo para que os produtores eólicos expandissem seus esforços ecológicos.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
YouTube YouTube
Instagram Instagram
Telegram Telegram
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes