Ferryboat pega fogo com tripulantes a bordo em São Luís – MA

Valdemar Medeiros
por
-
10-06-2021 11:46:00
em Indústria Naval, Portos e Estaleiros
Ferryboat - tripulantes - Maranhão - São Luís Ferryboat pegando fogo – créditos: blog luiscardoso

Ferryboat sofre incêndio ancorado há 1km e fere três de sete tripulantes em São Luís, capital do Maranhão. As chamas começaram por volta de 1h e só foram contidas no início da manhã.

No último domingo (6), uma Ferryboat pegou fogo na Ponta da Espera, em São Luís. A embarcação estava atracada no momento do incidente e nela haviam sete tripulantes, sendo que três deles tiveram ferimentos leves.

Leia também

Entenda como aconteceu o incêndio na Ferryboat, em São Luís

De acordo com as informações de testemunhas, o incêndio havia começado por volta das 1h da manhã, e as chamas só foram controladas por volta do amanhecer, pelo Corpo de Bombeiros. Ainda estão sendo investigadas as causas do incêndio na Ferryboat, que permanecerá fora de circulação até que todos os trabalhos de recuperação e vistoria sejam terminados.

Segundo a Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB), a segurança do Ferryboat em São Luís era de responsabilidade da Marinha brasileira, através da Capitania dos Portos.

Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos publica nota sobre o incêndio

Ferryboat pega fogo na madrugada do último domingo (6) em São Luís MA.

De acordo com a Nota da Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB), a ferryboat, com 7 tripulantes da Internacional Marítima, pegou fogo nos salões na madrugada do último domingo em São Luís.

A MOB pontua, também, que a segurança da embarcação é de responsabilidade da Marinha do Brasil e que já entrou em contato com o órgão para a colaboração do esclarecimento dos motivos do acidente. O prazo mínimo dado pela MOB, para a retomada das operações da Ferryboat, é de 6 meses.

O Corpo de Bombeiros Militar comunicou que a Ferryboat com sete tripulantes estava ancorada a cerca de 1 km de distância e não estava em operação no momento do acidente. Duas das três vítimas foram encaminhadas ao hospital antes da chegada do Corpo de Bombeiros e a terceira se recusou a receber atendimento médico.

Outros incidentes com embarcações ocorridos este ano

No mês de maio, outra embarcação também incendiou, mas causando um estrago bem maior do que em São Luís. Estamos falando do Navio MV X-Press Pearl, que carregava vários diversos produtos químicos.  

O navio que pegou fogo na costa oeste do Sri Lanka, começou a naufragar quando as chamas, que duraram 13 dias, já haviam sido contidas, mais especificamente no processo de reboque para longe da costa.

Os tripulantes eram formados por chineses indianos filipinos e Russos, e, felizmente, apenas dois deles saíram feridos e o restante saiu ileso da situação. A causa do incêndio ainda não foi descoberta, mas tudo aponta para uma reação com os produtos químicos, que eram altamente inflamáveis.

Tags:
Valdemar Medeiros
Formado em Segurança do trabalho, especialista em marketing de conteúdo em conjunto de ações de SEO e Universitário de Publicidade e Propaganda.