Início Distribuidoras diminuem volume de compra do etanol após perda de competitividade com a gasolina. Usinas estão baixando preços para tentar diminuir os estoques

Distribuidoras diminuem volume de compra do etanol após perda de competitividade com a gasolina. Usinas estão baixando preços para tentar diminuir os estoques

8 de fevereiro de 2022 às 20:36
Compartilhe
Siga-nos no Google News
etanol, distribuidoras, combustíveis
Foto: Reprodução Google Imagens/ InfoEscola

Procura de etanol pelas distribuidoras é a menor em 20 anos

Nos últimos meses, pôde-se observar uma queda da procura por etanol nos postos de combustíveis devido ao alto preço em comparação ao valor da gasolina. Com isso, está sendo criada uma reação em cadeia, que está proporcionando a diminuição do preço do etanol nas bombas.
O resultado da atual situação foi verificado também pelas usinas produtoras do combustível – em janeiro, as indústrias de São Paulo venderam o menor volume de etanol hidratado para o mês em 20 anos para as distribuidoras, de acordo com pesquisa do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/USP).

Leia também:

A pesquisa informou também que o volume negociado no primeiro mês de 2022 é o menor desde o ano de 2002, e uma quantidade ainda menor foi registrada em novembro de 2021. Em comparação ao mês de dezembro, o volume de etanol negociado foi 17% menor em janeiro deste ano.

Como os motoristas têm preferido a gasolina ao etanol, as distribuidoras reduziram a compra desse último, fato que fez com que o estoque das usinas ficassem elevados. Diante disto, as produtoras estão baixando os preços e, ao poucos, essa redução chega até os consumidores finais.

De acordo com dados da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica), o preço do etanol hidratado comercializado pelas usinas da região de Rio Preto diminuiu 6% na primeira semana de fevereiro, se comparado à última semana do mês de janeiro. Com isso, nos postos de combustíveis o preço do litro do etanol já é o menor desde os últimos cinco meses.

Antônio de Padua Rodrigues, diretor técnico da Unica, pontua que a diminuição do volume negociado pelos produtores aumenta gradualmente desde o mês de setembro. Segundo ele, a queda é tão significativa que os estoques das usinas são superiores à demanda, por isso os preços caem diariamente – para dar mais competitividade ao etanol e as demandas favoráveis serem restabelecidas.

Outros fatores que motivam a queda no preço do etanol

Dentre os principais motivos para a diminuição no consumo do etanol atualmente, estão a desaceleração na economia, o impacto da variante Ômicron da covid-19 e o atual preço dos combustíveis, que sofrem impactos do mercado externo.

“Esta queda na demanda por etanol, e de outros combustíveis de um modo geral, deve-se, principalmente, à alta de preços motivada pelas cotações do petróleo no mercado internacional, além da valorização do dólar frente ao real”, afirmou Jacyr Costa Filho, Presidente do Conselho Superior do Agronegócio (Cosag) da Fiesp.

O economista Luciano Nakabashi, da Faculdade de Administração e Economia (FEA) da USP, pontua diversos motivos que corroboraram para o aumento no preço do etanol em 2021, a exemplo da quebra da safra devido a fatores climáticos, maior destinação da plantação para a produção de açúcar e a estagnação do volume de produção.

Aumento no preço do etanol representa desvantagem

A queda das vendas do volume de etanol hidratado é justificada pelo preço do biocombustível nas bombas se comparado à gasolina. Nos últimos meses, a relação de preços entre o etanol hidratado e a gasolina nos postos de combustíveis da cidade de Rio Preto tornou a condição favorável para o combustível fóssil – em janeiro a relação foi de 74,8%. De acordo com a Agência Nacional do Petróleo (ANP), no último mês, a média do preço da gasolina foi de R$ 6,101/litro, e a do hidratado, de R$ 4,568/litro.

Já no mês de fevereiro, é possível encontrar o preço do litro da gasolina a R$ 6,009 e o do etanol a R$ 4,349, o que representa uma relação de 72%. Segundo análise de especialistas, é vantajoso abastecer com etanol somente quando o preço do litro é menor do que 70% do valor da gasolina.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
YouTube YouTube
Instagram Instagram
Telegram Telegram
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes