Conta de luz terá reajuste até o dia 20; Aneel trabalha para reduzir ao máximo o aumento na conta de energia para consumidor

Fábio Lucas
por
-
07-04-2021 19:28:32
em Economia, Negócios e Política
ANEEL / conta de luz

Consumidores do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e São Paulo tiveram tarifa da conta de energia mantida até o dia 20; quando deve ter novo reajuste

Com a crise econômica se agravando, o que as pessoas menos querem ouvir falar é sobre o aumento de energia. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) quer decidir até o dia 20 de abril as regras que serão aplicadas na tentativa de diminuir a porcentagem de aumento na conta de luz. Algumas distribuidoras poderão aumentar em até 27% a conta de energia.

Aneel prorroga tarifa atual de conta de luz

A Aneel anunciou ontem que as seguintes concessionarias tiveram prorrogadas a tarifa atual da conta de luz: Energisa Mato Grosso, Energisa Mato Grosso do Sul e CPFL Paulista. A Energisa Mato Grosso atente um total de 1,5 milhão de unidades consumidoras, a Energisa Mato Grosso do SUL atende 1 milhão de unidades, enquanto a CPFL Paulista atende cerca de 4 milhões de unidades em São Paulo.

Porque o Aneel decidiu prorrogar a tarifa atual?

A direção da autarquia decidiu prorrogar a tomada para evitar que as pessoas pagasse um aumento bem maior do que a inflação. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15), mostra em prévia divulgada no mês passado que a alta no período é de 5,57%. André Pepitone, diretor geral da Aneel, disse que as regras novas estão sendo tomadas para que todos os reajustes não ultrapassem a casa de 1 dígito. Ele destacou que estão trabalhando duro para evitarem a escalada do aumento da conta: “para conter esta escalada tarifária, e para que isso fosse possível precisávamos de alguns dias para que a gente pudesse trabalhar nos cálculos”.

No seu site oficial, a Aneel informou que está trabalhando para evitar um aumento desenfreado da tarifa da conta de luz: ”A crise gerada pela pandemia acarretou forte pressão sobre as tarifas de energia. Por essa razão, a ANEEL tem estudado intensamente alternativas para combater o efeito da pandemia nas tarifas pagas pelos consumidores de energia elétrica.

Uma das formas que está sendo usada para evitar um aumento gigantesco da conta de luz é a devolução de valores mais cobrados nos últimos anos pelo PIS/PASEP e da CONFINS. Esses valores são maiores do que 50 bilhões de reais. A própria Aneel disse em fevereiro que uma das formas de devolver os valores aos consumidores eram abatendo de reajustes futuros essa quantia. Várias outras ações para tentar evitar o aumento gigante da conta de luz poderá ser visto no site da Aneel.

Tags:
Fábio Lucas
Jornalista brasileiro, amo esportes, notícias e política. Já contribui em diversos outros portais relacionados a esportes, economia e informações regionais.