Construção de parque eólico na Paraíba irá gerar 600 empregos e investimentos devem chegar a R$ 1 bilhão

Roberta Souza
por
-
28-04-2021 18:22:37
em Energia Renovável
Parque eólico – Paraíba – construção Parque eólico e logo da EDF Renewable/ Fonte: Reprodução

O protocolo para a construção do parque eólico foi assinado ontem (27/04) pelo governo da Paraíba e a empresa EDF Renewables

O novo parque eólico na Paraíba poderá começar a construção no mês de julho, com geração de diversas vagas de emprego para as obras do empreendimento. O governo do estado assinou ontem, terça-feira (27/04), um protocolo de interações com a empresa EDF Renewables – companhia que atua no segmento de energia renovável.

Construção do parque eólico e geração de empregos

O projeto prevê a construção do parque eólico nos municípios de Santa Luzia e Junco do Seridó, localizados no Sertão da Paraíba. A previsão é que o empreendimento gere mais de 600 empregos de forma direta e indireta, com aportes de cerca de R$ 1 bilhão, diz o governo da Paraíba.

Com a construção do parque eólico, o empreendimento será o primeiro da EDF Renewables no estado da Paraíba. O novo parque eólico pode entrar em operação comercial no início de 2023 e pode ter capacidade instalada de 242 MW.

Construção do empreendimento e o desenvolvimento da região na Paraíba

Paulo Abranches, CEO da EDF Renewables, disse que os aportes realizados na construção do parque eólico na Paraíba irão gerar impactos positivos para o desenvolvimento socioeconômico – como na geração de empregos e renda – para a região do estado.

Para o governador João Azevêdo, o estado da Paraíba tem grande capacidade na geração de eletricidade através de parque eólico e, segundo João, o estado pode se tornar uma atração para empresas do setor, gerando renda e muitas oportunidades de empregos, consequentemente promovendo o desenvolvimento das regiões e impulsionando as economias.

Governador da Paraíba no momento da assinatura de protocolo/ Fonte: Divulgação Secom

Sobre a empresa: A EDF Renewables é uma companhia líder em energias renováveis e em todo mundo tem capacidade instalada de 13,8 GW. A empresa tem grandes projetos em usinas de energia solar e parque eólico, instalados na América do Norte e na Europa. A EDF Renewables ainda tem fortes posições em parque eólico e, no Brasil a empresa tem 1,3 GW em projetos de parque eólico ou usina de energia solar, já instalados ou em construção nos estados da Paraíba, Bahia e Minas Gerais.

Parque eólico no Rio Grande do Norte recebe financiamento de R$ 252 milhões

A 2W Energia, uma das maiores plataformas de investimentos em projetos de vendas de eletricidade e geração de energia provinda de fonte renovável do Brasil, assinou um contrato de financiamento com a gestora de investimentos Darby International Capital. Pelo acordo, serão investidos US$ 45 milhões no parque eólico Anemus Wind, no Rio Grande do Norte, além de outros investimentos focados na empresa nos próximos anos.

A maior parte dos aportes será destinada ao investimento CAPEX do projeto Anemus, um parque eólico com 33 aerogeradores e capacidade instalada de 138,6 MW. A energia limpa e renovável gerada pelo complexo será enviada principalmente para clientes do setor de varejo de 2W, que é composto por pequenas e médias empresas ansiosas por fazer a transição para um mercado de energia livre.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos