Início Com a previsão de abrir 5 MIL novos empregos, governo de São Paulo e CCR fecham contrato para investir R$ 2,3 bilhões em rodovias

Com a previsão de abrir 5 MIL novos empregos, governo de São Paulo e CCR fecham contrato para investir R$ 2,3 bilhões em rodovias

5 de julho de 2021 às 14:44
Compartilhe
Siga-nos no Google News
São Paulo – empregos – rodovias
Rodovia em São Paulo/ Fonte: Governo do estado de São Paulo

No início deste mês, o governador de São Paulo anunciou o programa de concessões em obras de infraestruturas em 13 rodovias e a geração de 5 mil empregos

O governo do estado de São Paulo e a concessionária CCR, que administra parte das rodovias do estado, assinaram um acordo envolvendo uma disputa judicial de débitos da concessionária com o governo estadual referente a aditivos feitos em contratos de concessões. João Doria, governador do estado de São Paulo, disse que cerca de R$ 2,3 bilhões serão investidos e cerca de 5 mil novos empregos serão abertos. Veja ainda: Multinacional siderúrgica anuncia aportes de 1,6 bilhão de reais e geração de 750 empregos no estado de São Paulo

O acordo entre o governo de São Paulo e a CCR

O governador ressalta que este é o maior acordo já celebrado no programa de concessões de São Paulo, com investimentos de R$ 2,3 bilhões em obras de infraestruturas em 13 rodovias do estado e na geração de 5 mil empregos.

Doria diz que trata-se do maior acordo já celebrado com concessionárias de um mesmo grupo e com o maior pagamento ao caixa do estado do estado de São Paulo. Foram alguns meses de negociação para resolver 16 anos de conflito, concluído com bom entendimento e que está proporcionando investimentos em obras em 13 rodovias do estado.

Trabalhe no Setor Eólico do Brasil

O acordo entre o Governo do estado de São Paulo e o grupo CCR prevê ainda o pagamento de indenização de R$ 1,2 bilhão para os cofres públicos paulistas, no prazo de 15 dias. Os investimentos são consequência de entendimento preliminar assinado, que encerra discussões judiciais entre as partes iniciadas em 2014, relativas a aspectos contratuais debatidos desde 2006.

Obras nas rodovias do estado

Treze das principais rodovias de São Paulo, administradas pelas concessionárias AutoBAn, ViaOeste e SPVias, entre elas Rodovias dos Bandeirantes, Anhanguera, Raposo Tavares e Castello Branco, devem sofrer intervenções nos próximos meses, com expectativa de geração de 5 mil novos empregos.

Estão previstos investimentos de R$ 1,7 bilhão em obras para a conservação e revitalização de pistas como pavimento e pontes e outras melhorias na AutoBAn e na SPVias. Também serão viabilizadas intervenções importantes no corredor São Paulo-Sorocaba com valor inicial estimado em R$ 600 milhões, totalizando os R$ 2,3 bilhões em investimentos.

A ViaOeste executará as obras na Rodovia Castello Branco, entre os km 23 e 32, sem qualquer custo para o Governo do Estado ou solicitação de reequilíbrio contratual. A título de doação de serviços, o Grupo CCR arcará ainda com obras de duplicação da Rodovia Prefeito Lívio Tagliassachi, em São Roque.

Veja ainda: Montadora General Motors investirá R$ 5 bilhões e cerca 600 empregos poderão ser gerados em São Paulo

A General Motors confirmou, no dia 11/06, que vai trazer novos investimentos para a fábrica de São José dos Campos, em São Paulo, em cumprimento a acordo assinado com o Sindicato dos Metalúrgicos, em 2019. A confirmação foi feita em reunião entre a montadora e o Sindicato, com a previsão de que os investimentos sejam concluídos em 2023. Com os aportes, novos empregos podem ser gerados no estado.

De acordo com a General Motors, há perspectivas de aumento de produção e novas contratações neste período. Este ano, já foram 400 trabalhadores contratados, podendo chegar a 600 empregos. Dentro do atual cenário, em que fábricas estão sendo fechadas na região, em São Paulo, o Sindicato vê a confirmação de investimentos pela General Motors como notícia positiva.

Relacionados
Mais recentes