Início Ceará receberá investimento bilionário da multinacional australiana Enegix para construção de usina de hidrogênio verde no Pecém

Ceará receberá investimento bilionário da multinacional australiana Enegix para construção de usina de hidrogênio verde no Pecém

22 de fevereiro de 2021 às 13:26
Compartilhe
Siga-nos no Google News
ceará - usina - pecém - vagas
Complexo Portuário e Industrial do Porto do Pecém – Ceará

Se concretizado, o investimento para construção de usina no Complexo Portuário e Industrial do Porto do Pecém, será o segundo maior de natureza privada da história do Ceará

A multinacional australiana Enegix Energy, de energia renovável, assinou um memorando bilionário de entendimentos com o governo do Ceará para construir uma usina de produção de hidrogênio verde (H2V), no Complexo Portuário e Industrial do Porto do Pecém (Cipp). A usina prevê um aporte de US$ 5,4 bilhões – o equivalente a cerca de R$ 28 bilhões.

Leia também

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico e Trabalho estadual, Maia Júnior, as obras da usina deverão durar entre três e quatro anos após a apresentação e aprovação dos licenciamentos do projeto. Contudo, ainda não há previsão para a data de entrega dos projetos ambiental e operacional pela Enegix Energy.

Se concretizado, o investimento será o segundo maior de natureza privada da história do Ceará

Também será criado um grupo de trabalho para desenvolver políticas públicas de energias renováveis e para fomentar o desenvolvimento sustentável a fim de criar um hub de hidrogênio verde no Estado. A iniciativa terá apoio da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec) e da UFC.

“O empreendimento busca a produção de energias renovável, representa a eliminação de CO2. É uma ação extremamente importante, não somente econômico, mas também tecnológico”, disse o reitor da UFC, Cândido Albuquerque.

De acordo com o titular da Sedet, Maia Júnior, o Ceará vai estar alinhado a “uma economia voltada ao meio ambiente e vai proporcionar os cearenses não somente riquezas, mas sobretudo oportunidades de emprego ao Estado”.

O combustível renovável pode ajudar a reduzir as emissões líquidas de dióxido de carbono (CO2) em setores que consomem muita energia e difíceis de descarbonizar, como aço, produtos químicos, transporte de longa distância, navegação e aviação.

Usina de querosene verde no Ceará

Além da usina de hidrogênio verde, o Ceará busca parceiros para financiar um projeto para produção do chamado “querosene verde”. A unidade será implantada no Aeroporto de Fortaleza.

De acordo com o secretário executivo de Comércio, Serviço e Inovação da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet), Júlio Cavalcante, há tratativas com a Agência Alemã de Cooperação Internacional (GIZ Alemanha) e com um engenheiro cearense com projetos na área. As conversas estão sendo retomadas após a “pausa” ocasionada pela pandemia.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
YouTube YouTube
Instagram Instagram
Telegram Telegram
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes