Carro elétrico mais vendido da China ganha edição especial custando apenas R$ 35.400

Valdemar Medeiros
por
-
28-09-2021 10:16:47
em Logística e Transporte
Carro elétrico - China - veiculo elétrico Carro elétrico mais barato da china – créditos: Wuling/Divulgação

O carro elétrico mais vendido da China ganhou uma nova edição que conta com cores e tecnologias de última geração e o melhor de tudo: o veículo elétrico custa apenas R$ 35.400 (conversão direta) em sua versão mais cara

O Wuling Hongguang Mini EV, carro elétrico mais vendido da China, acaba de ganhar uma edição especial, que recebeu o nome de Macaron. A versão do veículo elétrico conta com detalhes inéditos de acabamento e opção de cores exclusivas. O veículo está disponível no mercado chinês em duas versões com preços que variam entre 37.600 e 49.600 yuans, o que em conversão direta, chegaria em torno de R$ 30.500 e R$ 35.400 respectivamente.

Leia outras noticias relacionadas

“Tamanho não é documento”

Carrinho elétrico ultrapassa Tesla – Loja da Wuling e HONGGUANG MINI EV

Por fora, o carro elétrico atrai olhares pelo seu pequeno porte, que ainda é um pouco maior que o Smart ForTwo. O modelo mede 2,92 m de comprimento, 1,62 de altura, 1,49m de largura e embora seja pequeno, o veículo elétrico da China pode levar até quatro pessoas.

O design da versão Macaron é basicamente o mesmo das outras configurações. Os faróis, na dianteira, possuem um formato retangular e ganham luzes diurnas de LED e novas lâmpadas de halogênio, que facilitam a visibilidade durante a noite. A grade dianteira, que possui um design fechado, traz um acabamento em black piano. Na lateral, as rodas possuem um acabamento diamantado e, além disso, o modelo traz uma pintura em dois tons.

Na traseira, as lanternas de LED também são uma novidade. Elas são interligadas por uma barra horizontal, que também conta com um acabamento com a cor black piano. A peça foi batizada como Wuling. O carro elétrico da China estreia com duas cores exclusivas: O branco Coco Cru e o azul Merlot.

Veículo elétrico da China conta com tecnologia de última geração

Em seu interior, o acabamento do carro elétrico da China é basicamente igual ao das outras versões. A diferença do novo modelo fica apenas nos tons internos que sincronizam com as novas cores de fora.

O painel de instrumentos é digital, e os comandos de rádio e ventilação ficam dispostos horizontalmente. As saídas de ar ocupam quase todo o painel frontal. Um destaque do veículo elétrico é o pequeno console central, que é responsável pelos comandos dos vidros elétricos e um seletor de marchas giratório. Entre os equipamentos, o carro elétrico também possui bancos traseiros com Isofix, freios ABS, airbag duplo e rádio com bluetooth.

Novo modelo do veiculo elétrico chinês possui 170 km de autonomia

O novo veículo elétrico possui um motor traseiro de apenas 27 cavalos de potência e 84 Nm de torque, além disso também conta com duas opções de baterias de fosfato ferro lítio. A opção mais barata, oferta uma bateria de 9,3 kWh, que dá ao veículo uma autonomia de 120 km.

O tempo de recarga total do modelo é de 6 horas e 30 min em corrente alternada. Já a opção top de linha é equipada com uma bateria de 13,8 kWh. Nesse caso, a autonomia do carro elétrico da China sobe para 170 km e a carga completa demora 9 horas.

Desenvolvido em uma parceria entre as montadoras SAIC, General Motors e Wuling. Mini EV é o carro elétrico mais vendido no país asiático com a marca de 222 mil unidades vendidas só este ano, mais que o dobro do segundo colocado, o Tesla Model 3.

Tags:
Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.
fwefwefwefwefwe