Início Bomba! Cerca 150 mil vagas no setor do petróleo serão geradas na Bacia de Campos

Bomba! Cerca 150 mil vagas no setor do petróleo serão geradas na Bacia de Campos

29 de junho de 2017 às 09:52
Compartilhe
Siga-nos no Google News
150 mil vagas offshore

As principais agências reguladoras do petróleo e gás do Brasil acabaram de soltar nota oficial

Palco de discussões e embates implacáveis há 6 anos atrás , quando as divisões do royalties foi anunciada, a economia dos municípios que vivem da economia e dos recursos do petróleo, sofreram um verdadeiro golpe em suas receitas. Chegada a crise, esse efeito cascata só fez agravar a situação. Mas após a Feira Brasil Offshore 2017, parece que a situação negativa está começando a se inverter, depois que a Petrobras revelou no evento que ira revitalizar campos de petróleo em maturação. Vejam bem, isto é real, são dados técnicos divulgados pela própria estatal e agência reguladoras.

Na feira, houve o encontro de grandes empresas petrolíferas globais, cujo o foco era acertar todos os detalhes técnicos para maximizar a produtividades dos ativos que já estão sendo operados, injetando capital de forma mútua e compartilhada entre as grades operadoras de petróleo no mundo. Além disto, foi acertado que as multinacionais agora podem compartilhar de forma “livre” suas tecnologias conosco, deixando de lado um pouco do conceito corporativista e trabalhando em equipe.

A iniciativa chamada de “É Preciso Investir” surgiu da necessidade de criar novas regulamentações em atividades offshore no país, tentando forçar o governo federal e o Congresso a rever essas diretrizes que impõem dificuldades para a retomada da economia no Brasil, quando se trata de flexibilizar e diminuir taxas para exploração, pesquisa e produção de combustíveis fósseis.

150 mil postos de trabalho no setor offshore, como assim?

Nas conferências realizadas com a Petrobras e agências reguladoras, foi revelado que em seu plano de negócios a revitalização dos campos de petróleo na Bacia de Campos será fundamental, os dados técnicos deste processo, mostram que o potencial de empregabilidade será muito elevado e haverá produção até 2052 e até lá deve gerar cerca de 150 mil postos de trabalho pelo menos. Macaé, mas conhecida internacionalmente como a Capital Nacional do Petróleo é o foco e atrai os olhares de grandes multinacionais. Mas para a cidade voltar a se consagrar de uma vez por todas, é preciso que a o Porto do Barreto saia do papel e vença de uma vez os entraves políticos.

Veja bem, não apenas uma cidade ou poucas cidades serão beneficiadas, mas todo o Rio de Janeiro e quem sabe até outros estados.

Nós do Click Petróleo e Gás estamos monitorando o mercado e atento as oportunidades CONFIRMADAS E VERDADEIRAS que venham a aparecer. Fechamos varias parcerias no evento Brasil Offshore e em breve nos tornaremos seu canal oficial do setor. Para que você não perca nada, coloque no campo de contato abaixo seu e-mail para receber informações diretamente em sua caixa de mensagem ao sair novas publicações.

Fontes: Petrobras,  O Debate


Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.


Facebook
Facebook

Twitter
Twitter

LinkedIn
LinkedIn

YouTube
YouTube

Instagram
Instagram

Telegram
Telegram

Google News
Google News

Relacionados
Mais recentes