Automóveis: fabricação da Volkswagen e da Mercedes-Benz sofre paralisação no Brasil, em razão da insuficiência de materiais

Roberta Souza
por
-
23-04-2022 15:53:01
em Automotivo
automóveis, Brasil, Mercedes-Benz, Volkswagen Foto: Reprodução Car Blog / Google Imagens




No Brasil, o problema que surgiu na pandemia foi agravado pelo conflito no leste europeu e a montagem de automóveis da Volkswagen e da Mercedes-Benz é suspensa

Desde o início da pandemia, a escassez de materiais eletrônicos destinados à produção de automóveis vem gerando sérios prejuízos. Até hoje, para o Brasil e para outros países, este problema ainda é recorrente. O cenário se agravou ainda mais com o último conflito entre os dois países no leste europeu, Rússia e Ucrânia, visto que houve a redução do fornecimento de materiais. A Volkswagen e a Mercedes-Benz já foram impactadas negativamente.

Segundo a matéria escrita por Bruna Machado para o portal Capitalist, no dia 18 de abril, segunda-feira, a Mercedes-Benz e a Volkswagen, duas gigantes montadoras de automóveis, tiveram a necessidade de paralisar suas atividades no Brasil em decorrência da insuficiência de materiais essenciais à produção.

Neste primeiro semestre de 2022 ainda havia um pouco de expectativas para o setor de automóveis quanto ao abastecimento das peças necessárias no Brasil. No entanto, com o conflito entre Rússia e Ucrânia somado ao simultâneo aumento de casos de covid-19 na China, houve mudança nos planos.

Sobre as paralisações das grandes montadoras

Assim, as produções de automóveis no Brasil já começaram a ser suspensas. A Mercedes-Benz, que está com novidade em SUV elétrico, precisou decretar férias coletivas para todos os funcionários que atuam na produção de automóveis como caminhões, ônibus, cabines etc. Desse modo, por volta de 6 mil colaboradores das unidades dos estados de São Paulo e Minas Gerais só retornarão aos serviços no início do mês de maio.

Além disso, a Mercedes-Benz, que está em fase de alta temporada para os caminhões no Brasil, já havia paralisado as funções de 600 trabalhadores pelo período de 12 dias, com término em 25 de março. Depois desse tempo de paralisação, a Mercedes-Benz suspendeu o trabalho de outros 600 funcionários, acarretando outras interrupções na fabricação de automóveis.

Por sua vez, na unidade da Volkswagen de São Bernardo do Campo, no estado de São Paulo, por exemplo, ocorreu a necessidade de paralisação das operações até o feriado do dia 21 de abril, na quinta-feira, levando em consideração que havia uma alta quantidade de automóveis com pendências de materiais para serem terminados.

Atrelado a isso, outra planta da Volkswagen – marca que fará recall de carros elétricos – também precisou interromper suas atividades. Dessa vez, pelo motivo de falta de adequação da linha de produção, a montadora de automóveis de Taubaté, também no estado de São Paulo, suspendeu suas produções.

Tendo tudo isso em vista, estima-se que as atividades de fabricação do setor de automóveis no Brasil só seja regularizada no ano que vem, 2023.

Nova plataforma de carros elétricos da Volkswagen promete sedã elétrico com 700 km de autonomia

A Volkswagen continua trabalhando no desenvolvimento da sua plataforma de carros elétricos MEB e uma das próximas novidades nesta arquitetura anunciada na tarde desta quarta-feira (13) será um sedã elétrico de médio porte, sendo o primeiro da marca, que servirá como um sucessor do atual Passat, entretanto sem emitir nenhum poluente e que promete dar um grande salto no quesito de autonomia. Até então, a plataforma da Volkswagen já deu base para modelos da linha ID como ID.3, ID.4, ID.5, ID.6 e ID. Buzz, entretanto o futuro sedã elétrico promete dar um passo a mais.
Conhecido como Volkswagen Aero B, o carro elétrico não teve muitos dados técnicos divulgados pela montadora alemã, entretanto durante a última conferência de resultados a empresa liberou alguns dados importantes sobre o sedã elétrico. Para saber mais, leia a matéria completa aqui neste link.

Sites Parceiros

Publicidade




Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos